CONFIRA OS HIGHLIGHTS DO PRIMEIRO EVENTO TEMÁTICO DO RANKING CONNECTED SMART CITIES 2022

O Eixo Saúde foi pauta do programa que recebeu secretaria de governo, especialistas e estudiosos da área 

Na última terça-feira, 08, a Plataforma Connected Smart Cities deu início aos Eventos Temáticos 2022 do Ranking CSC, estreando com a discussão do eixo Saúde. Abaixo você confere os principais Highlights apresentados nesta série que continua na próxima semana, 15, com o eixo Educação.

Willian Rigon, diretor de marketing da Urban Systems, e pesquisador responsável pelo Ranking CSC, apresentou e explicou sobre a coleta dos indicadores do eixo Saúde, que dividem-se em:

  • leito por habitantes,
  • médicos por habitantes,
  • cobertura da equipe de saúde da família,
  • despesas por habitante,
  • mortalidade infantil,
  • agendamento online de saúde na rede pública,
  • ciclovias (também presente no eixo mobilidade),
  • coleta de resíduos sólidos (também no eixo meio ambiente),
  • e atendimento urbano de esgoto (também no eixo meio ambiente).

Na sequência, Alex Florindo, epidemiologista e líder do GEPAF – Grupo de Estudos e Pesquisas Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde da Universidade de São Paulo (USP), trouxe os fatores de risco e proteção para doenças com base em políticas implementadas e estudos epidemiológicos. Alex também apresentou a análise do Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo. 

A próxima convidada foi Leila Crócomo, secretária de saúde do município de Balneário Camboriú. Leila comentou sobre as ações que levaram a cidade ocupar a 5a. posição do eixo saúde do Ranking Connected Smart Cities 2021. E apresentou também as ações contra a Covid-19, especialmente com sistema Drive-Thru de vacinação disponível no município. A secretária também comentou sobre a liderança de Balneário Camboriú na captação de órgãos, que ocorre na cidade desde 2015.  

Para o debate com a secretária, Leila Crócomo, e o líder do GEPAF, Alex Florindo, participou Tatiana Tucunduva, pesquisadora e docente do programa de pós-graduação em cidades inteligentes e sustentáveis da Uninove. Tatiana trouxe para a discussão o objetivo do desenvolvimento sustentável 3, que é saúde e bem-estar para as cidades. A pesquisadora afirma que o grande desafio é obter a inteligência coletiva e colaborativa formada pela própria sociedade civil, além de conciliar os gastos da saúde pública com a prevenção realizada pela atividade física em áreas periféricas, por exemplo.



Tatiana também comentou sobre as mudanças climáticas do meio ambiente e as relacionou com a saúde pública. E também deixou como opção ser pensado no impacto da poluição atmosférica na saúde e como trazer os componentes dos desastres do meio ambiente para uma gestão de risco.

Florindo contribuiu ao debate trazendo a necessidade de levantar o nível de atividade física, o que, segundo o epidemiologista, já é feito pelo Ministério da Saúde desde 2006 nas capitais. O pesquisador também comentou que a pasta de Saúde não está incluída no Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo, e voltou a citar sobre a importância das ciclovias nas cidades.

Já a secretária, Leila Crócomo, citou a necessidade da integração das secretarias em uma gestão pública. Com a participação de Leila, Tatiana colocou a sugestão de mais um indicador a ser pensado para o Ranking Connected Smart Cities: O indicador de Envelhecimento Saudável. 

Alex Florindo voltou a contribuir citando o índice de caminhabilidade que também está trabalhando em seu projeto de estudo. A conectividade de ruas e calçadas em torno de comércios e residências, seria possível as prefeituras monitorarem? 

Respondendo as perguntas de interação dos participantes pelo Slido, Willian Rigon afirmou que o Connected Smart Cities não avalia a gestão pública, mas sim o desenvolvimento das cidades, por meio de indicadores, mas que é importante todos os envolvidos no planejamento e gestão da cidade pensarem a mesma nestes dois aspectos: diagnóstico e gestão, tendo como base indicadores.

Todo o conteúdo do vídeo, você pode assistir, gratuitamente, no canal do Youtube do Connected Smart Cities. Confira o calendário de programação dos Eventos Temáticos do Ranking CSC pelo site. Inscreva-se neste link para interagir com os participantes dos próximos programas.

 

Patricia Esteves
Patricia Esteves
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito
spot_img
Publicidade
spot_img

Últimas Matérias