PARAUAPEBAS REPRESENTA REGIÃO NORTE DO PAÍS E APLICA CONHECIMENTO ADQUIRIDO NO CONNECTED SMART CITIES & MOBILITY

Secretaria Especial de Governo lança Programa Municipal de Investimentos com base no contexto de cidades inteligentes

Parauapebas, a única cidade do Norte com, aproximadamente, 250 mil habitantes, esteve presente, com uma comitiva de 15 pessoas, no Connected Smart Cities & Mobility 2021. O objetivo da SEGOV – Secretaria Especial de Governo foi se apropriar de conhecimento e estratégias para lançar o PMI – Programa Municipal de Investimentos na cidade. O PMI foi lançado na última quarta-feira, 15, destacando um conjunto de obras e ações que vai injetar R$ 1 bilhão na economia de Parauapebas nos próximos quatro anos.

De acordo com a Secretaria, serão gerados cerca de dois mil novos empregos diretos com a construção de mais de 40 obras nas zonas urbana e rural. Cleverland Carvalho, coordenador de projetos especiais e de captação de recursos da PROSAP, disse que o aporte de recursos do PMI será investido em diversas obras. “PMI são obras estruturantes, equipamentos públicos e de infraestrutura urbana, que vão compor o tecido urbano a complementar as obras do PROSAP – Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas. Com a junção dos dois, vamos ter um pacote de obras de investimento que esse município nunca viu em seus 33 anos de existência”, afirmou.



 

Parauapebas está se programando para ser uma cidade inteligente, se tornando referência em toda a região norte e nordeste. Por isso, uma equipe da Prefeitura participou do Connected Smart Cities & Mobility, nos dias 01 e 02 deste mês, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, sendo o único município do norte presente. O evento reuniu diversos especialistas sobre o tema, que falaram sobre as melhores práticas, inovações, ferramentas e experiências no Brasil e no mundo.

Emanuel Rodrigues, Diretor do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação da Segov, comentou que “o objetivo da Segov é aplicar várias camadas de tecnologia em todos os âmbitos da Prefeitura, fazendo com que os gestores tenham todos os dados e ferramentas necessários para tomar as melhores decisões e implementarem as melhores políticas públicas”.

Segundo o Secretário Especial de Governo, Keniston Braga, Parauapebas vive hoje o seu melhor momento, como consequência do trabalho e da organização dos últimos quatro anos. “A ideia de criar o PMI é para que se planeje melhor os investimentos que vão proporcionar ao município a elevação para um novo patamar, tornando a cidade um modelo na geração de emprego, de infraestrutura e de qualidade de vida”, comentou.

Keniston Braga voltou entusiasmado do Connected Smart Cities & Mobility, em São Paulo. O Secretário afirma estar confiante de que o projeto de Parauapebas está com bases sólidas e no rumo certo. “Vamos transformar Parauapebas em referência nacional. Esse é um caminho sem volta. Um legado positivo que vamos deixar para a atual e as futuras gerações. Trouxemos na bagagem uma experiência, ampliando conhecimento para transformar nossa cidade, cada vez mais, em uma cidade inteligente”, disse.

 

Patricia Esteves
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito
Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias