POR QUE PRECISAMOS DE UM ANUÁRIO BRASILEIRO DA MOBILIDADE ELÉTRICA?

O Anuário é um retrato panorâmico em que figuram os principais atores do ecossistema da mobilidade elétrica no Brasil e suas iniciativas, bem como as políticas públicas e instrumentos de fomento governamental

O que se entende por prosperidade já teve muitas caras ao longo da história: as caravelas abarrotadas de especiarias do oriente, grandes plantações de café e as chaminés a pleno vapor em cidades cinzentas são apenas alguns de muitos exemplos.

Esta nossa época traz à prosperidade uma nova face. Estamos na era do conhecimento.

Já sabemos a esta altura que a humanidade estará mais bem posicionada – não apenas para progredir, mas para continuar existindo – na medida em que mais valorizar o conhecimento, a colaboração, a criatividade, e o talento. Em vez de caravelas, cérebros; no lugar da fumaça de chaminés, ideias.



Acontece que tudo isso, é claro, não se materializa num passe de mágica. Há um longo caminho a percorrer do dado à informação; daí, ao conhecimento; e, finalmente, à prática. Um caminho que não pode prescindir de talento e criatividade.

Juntos para transformar cidades

É exatamente para percorrer este caminho que nos reunimos na Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica. Juntos, impulsionamos uma verdadeira transformação em nossas cidades e nos debruçamos sobre a enorme tarefa de gerir conhecimento para estimular o desenvolvimento do mercado, fomentar a aprendizagem no setor e oferecer bases ao desenvolvimento de políticas públicas.

Para marcar um passo importante nessa jornada, lançamos em março de 2021 o 1º Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica – um esforço conjunto que coroa o primeiro ano de cooperação entre governo, indústria, academia e sociedade civil na PNME.

O Anuário é um retrato panorâmico em que figuram os principais atores do ecossistema da mobilidade elétrica no Brasil e suas iniciativas; políticas públicas e instrumentos de fomento governamental; análise de mercado e questões de tecnologia e inovação. São 180 páginas de uma primeira compilação – inédita no Brasil – de informações que podem nortear ações para o avanço da mobilidade elétrica. Trata-se de uma importante fonte de embasamento para as decisões de mercado, de pesquisa e desenvolvimento e políticas públicas que fomentem no Brasil uma mobilidade elétrica que tenha a nossa cara e atenda às nossas necessidades.

O Anuário é, assim, um marco importante na jornada do dado à informação, desta ao conhecimento, e deste à prática. Por um país em que ações pela sustentabilidade e pelo clima resultem em mais prosperidade e, principalmente, bem-estar para todos.

A PNME apoia esta jornada oferecendo as melhores condições para a colaboração. Criatividade e talento – felizmente e graças a vocês – temos de sobra.

Vamos em frente, que retroceder não é uma opção.

* O 1ª Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica está disponível para download, gratuito, neste link.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as opiniões do Connected Smart Cities 

Marcus Regis
Marcus Regis
Coordenador do Projeto PROMOB-e e da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME) pela Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, que conta com coordenação do Ministério Alemão de Cooperação Econômica e para Desenvolvimento. O executivo é especialista em gestão de projetos de cooperação internacional e economia do desenvolvimento.
Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias