ABES LANÇA PROGRAMA RECITECH COM FOCO NO IMPACTO SOCIOAMBIENTAL

O Programa ReciTech apoirá projetos de inclusão e capacitação digital, por meio do descarte e reciclagem de equipamentos de tecnologia

A ABES – Associação Brasileira de Empresas de Software, em parceria com o Instituto Observatório do Terceiro Setor e a ReUrbi, lança o Programa ReciTech com o objetivo de oferecer serviços de logística reversa nos descartes de equipamentos de tecnologia e telecomunicações em desuso para gerar materiais que serão reinseridos na cadeia produtiva, com devolutivas econômicas, ambientais e sociais.

A ação também vai apoiar projetos de inclusão e capacitação digital, por meio de doações de equipamentos recondicionados.



“Uma das principais preocupações do Observatório do Terceiro Setor é provocar uma sintonia dos diversos agentes públicos e privados para contribuir com o desenvolvimento da sociedade e diminuir a desigualdade do país. Essa parceria representa o caminho para as organizações darem uma resposta ao momento de dificuldade provocada pela pandemia”, afirma Joel Scala, diretor do instituto.

Além de conscientizar os empresários e seus colaboradores no descarte correto de seus equipamentos e atender a Legislação Ambiental e segurança de TI, o programa ReciTech tem o objetivo de gerar impacto positivo no meio ambiente e na sociedade, alinhado às melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês), trazendo resultados financeiros a serem destinados a projetos de inclusão e qualificação sociodigital.

“O programa ReciTech vem para assegurar de forma gratuita, simples e fácil as empresas, independente do seu porte, a aderirem as melhores práticas de governança socioambiental, alinhadas ao Pacto Global da ONU. Além do programa oferecer uma finalidade adequada para os produtos em desuso, protegendo o meio ambiente, contribuirá para a inclusão e qualificação sociodigital”, explica Rodolfo Fücher, presidente da associação.

Além disso, dentro da programação de rádio do Observatório do Terceiro Setor, as empresas poderão participar de miniprogramas exclusivos sobre a campanha para apresentar suas iniciativas e como estão colaborando. Uma vídeo-série sobre o descarte de resíduo eletrônico também será publicada nos canais das instituições, mostrando todas as fases de reciclagem realizadas pela ReUrbi, no programa ReciTech.

O ano de 2020 mostrou a sociedade e as empresas que precisamos melhorar muito nossa relação com o meio ambiente e que o acesso à educação e a empregabilidade passa necessariamente pela inclusão digital, este é o caminho para uma sociedade mais justa e inclusiva. “Através do processo de Logística Reversa e reciclagem dos equipamentos eletrônicos em desuso, evitamos a emissão de mais de 2.460.000 kg de gases de efeito estufa e mais de 15.330 kg de metais tóxicos. “Essa importante parceria com a ABES possibilitará o aumento desses resultados tão importantes para o meio ambiente e o acesso à tecnologia através do crescimento dos mais de 80 projetos de inclusão sociodigital já atendidos por nossa empresa”, ressalta Ronaldo Stabile, CEO da ReUrbi.

O programa está alinhado com o propósito de contribuir para a construção de um Brasil mais digital e menos desigual, no qual a tecnologia da informação desempenha um papel fundamental para a democratização do conhecimento e a criação de novas oportunidades, visando melhor qualidade de vida para todos, de forma inclusiva e igualitária. Para saber mais acesse: https://abessoftware.com.br/programa-recitech/

Com informações da Assessoria de Impensa da ABES 
Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias