MISSÃO 5G CHEGA AO FIM APÓS INTENSA AGENDA DE VISITA A FABRICANTES DA TECNOLOGIA NA EUROPA E ÁSIA

Comitiva brasileira chefiada pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, assistiu a demonstrações de uso do 5G e até da tecnologia 6G, ainda em desenvolvimento

Depois de conhecer as tecnologias 5G de empresas na Suécia, Finlândia, Japão e China, a missão brasileira chegou ao fim. As visitas às principais fabricantes de tecnologias que utilizam o 5G tiveram o objetivo de colher as melhores experiências da nova geração de conectividade, que promete revolucionar as telecomunicações e a maneira como as pessoas se relacionam com a infinidade de dispositivos que estão por vir. O Brasil se prepara para implementar o 5G este ano.

Chefe da missão na Europa e na Ásia, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, aproveitou a passagem pela China para pedir mais doses de imunizante contra a Covid-19, desenvolvido pela farmacêutica Sinovac Biontech e produzido em parceria com o Instituto Buntantan. O texto com a solicitação é endereçado ao embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming.

Já na capital sueca, o ministro encontrou-se com o CEO da Investor AB, Marcus Wallenberg, que é sócio majoritário do laboratório AstraZeneca, fabricante de uma das vacinas já aplicadas em brasileiros. Faria enviou uma carta ao investidor, para que o conselho diretor do laboratório aprecie o pedido de priorização do Brasil para o envio de mais doses e mais matéria-prima.

Nas visitas às fabricantes e reuniões com autoridades locais, a delegação assistiu a demonstrações sobre o uso da nova geração de conectividade e até mesmo do padrão 6G, ainda em fase de testes quanto ao desenvolvimento e com proposta de tão alta tecnologia que beira a ficção científica.

“A nossa ideia é realmente implementar o 5G standalone, que é o 5G de verdade, para que a gente possa acolher toda a tecnologia que pode nos dar para desenvolver o nosso país. O 5G non-standalone é como se fosse um 4G plus. Essa nova ferramenta que vai trazer novas empresas, novas tecnologias, novas profissões e vai ajudar muito as empresas a fornecer a internet das coisas.”, destacou o ministro.

Também participaram da missão internacional os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas, Vital do Rêgo e Walton Alencar, assim como o secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Flávio Rocha. “É uma viagem para que a nossa delegação possa conhecer a tecnologia 5G. O TCU vai avaliar e fiscalizar todo o processo e está aqui tirando as dúvidas com o intuito de acelerar o tempo que o processo vai ficar em análise”, explicou o ministro Faria.

LEILÃO 5G

Após ser aprovado pelo Conselho Diretor da Anatel, o edital do 5G será remetido à apreciação do TCU, que tem até 150 dias para analisá-lo. Mas, a previsão é que o prazo seja reduzido em até 60 dias. Alguns dos pontos que devem ser contemplados pelo edital do leilão já foram definidos em portaria publicada pelo MCom, como a criação de uma rede privativa para a Administração Pública Federal, que também será oferecida aos outros Poderes, bem como a expansão de internet nas rodovias federais, a implantação de estrutura de fibra ótica no âmbito do programa Norte Conectado, além de levar internet 4G a localidades com mais de 600 habitantes.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério das Comunicações

Publicidade

Últimas Matérias

PREFEITURA DE BELÉM INICIA ALINHAMENTO DE PROJETOS ESTRUTURANTES DE MOBILIDADE

A partir das diretrizes debatidas, os projetos de mobilidade serão analisados e readequados pelas equipes técnicas das secretarias integradas A Prefeitura de Belém deu início,...

APLICATIVO DE TRANSPORTE LANÇA CATEGORIA EXCLUSIVA PARA MULHERES

Com o objetivo é aumentar segurança para elas na plataforma 99Mulher, a 99 oferece a possibilidade de motoristas mulheres atenderem apenas passageiras A partir de...

FÁBRICA DE CULTURA OFERECE LEITOR DIGITAL COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Sapopemba, em São Paulo,  foi uma das unidades que recebeu a câmera inteligente capaz de ler textos em vários idiomas, reconhecer cores e pessoas...

A MOBILIDADE DO FUTURO É COMPARTILHADA, MULTIMODAL E SUSTENTÁVEL

A mobilidade e as cidades devem ser planejadas juntas e priorizando a integração, o compartilhamento da frota e a necessidade do usuário A cidade...

IDEIAGOV LANÇA O PROGRAMA DE ACELERAÇÃO VISANDO FOMENTAR A INOVAÇÃO SOCIAL

Hub de Inovação do Governo de São Paulo abre seleção de Negócios de Impacto com o objetivo de amenizar os efeitos negativos da pandemia São...