ENTENDA O QUE É BLOCKCHAIN

Com alta capacidade de transparência e segurança, blockchain virou o foco do desenvolvimento de smart cities

Com alta capacidade de transparência e segurança, Blockchain virou o foco do desenvolvimento de smart cities: com a criação dessa tecnologia, surgiu a possibilidade de realizar não apenas transações monetárias, mas também transações de valor, como por exemplo o comércio de energia renovável.

Blockchain é uma combinação de tecnologias que permite o suporte à transação de criptomoedas, sendo que as propriedades deste sistema permitem mais segurança e inviolabilidade dos dados- com a evolução dessa tecnologia, cada vez mais, transações mais complexas podem acontecer.



Entre as vantagens de se utilizar Blockchain, está o fato do banco de dados não ser alterável, o que garante mais segurança para as transações, além de possibilitar uma autogestão para os dispositivos permitindo que funcionem de maneira isolada de um controle central. A tecnologia permite justamente a criação de sistemas de identidade digital descentralizada, o que possibilita que o cidadão possa fazer gestão dos seus dados.

Com isso, blockchain surge como ferramenta que permite uma melhor comunicação entre os governantes e os cidadãos, através de uma interação digital que facilita processos burocráticos, como ir no cartório, por exemplo. Além disso, a tecnologia permite que cidadãos tenham acesso ao destino dos recursos públicos, promovendo maior transparência no planejamento urbano. Ou seja, a tecnologia permite maior eficiência nas transações do governo, além da criação de um novo mercado tecnológico, sendo uma carta na manga para uma governança mais eficiente.

Cada vez mais, cidades do mundo estão investindo nessa tecnologia: desde 2015, foram investidos US$ 8,9 bilhões no setor. No Brasil, os investimentos ainda são tímidos, sendo que nos primeiros dez meses de 2020 o montante investido no setor foi de US$ 1,6 milhão. Ainda, o estudo “Distrito Blockchain e Criptomoedas Report”, que apontou a distribuição geográfica das startups de blockchain pelo país, mostra que grande parte dessas estão concentradas nas regiões Sudeste (67,4%) e Sul (19,9%). As empresas restantes estão localizadas nas regiões Nordeste (6,1%), Centro-Oeste (4,4%) e Norte (2,2%).

O volume de produção de dados tem aumentado exponencialmente todos os anos e a necessidade de estruturar essas informações nunca foi tão importante. Com essa nova massa de dados, é inevitável a construção de novas ferramentas capazes de gerenciar essas informações e proporcionar o desenvolvimento de soluções voltadas para os mais diferentes setores da sociedade, sendo talvez o principal deles a cidade.

CONFIRA MAIS MATÉRIAS SOBRE TECNOLOGIA EM SMART CITIES:
IoT É ESSENCIAL PARA A CONSTRUÇÃO DE CIDADES INTELIGENTES E CONECTADAS
PLANEJAMENTO URBANO E BIG DATA
TECNOLOGIA VOLTADA PARA O SETOR DE SANEAMENTO

Avatar
Beatriz Faria
Especialista em Conteúdo da Necta - Conexões com Propósito
Publicidade

Últimas Matérias

SETOR DE TI DA PREFEITURA DE SANTOS TEM TRÊS MULHERES NO COMANDO

As mulheres também são maioria entre os servidores do Município de Santos, que detém o maior percentual de população feminina entre as cidades brasileira No...

MULHERES E O ACESSO À CIDADE

Na cidade, o acesso ao transporte e o direito à mobilidade devem ser assegurados às mulheres e para todas e todos, independente de seu...

MULHERES SÃO MAIORIA EM CARGOS DE DIREÇÃO DA SECRETARIA DE AGRICULTURA DE SP

As mulheres ocupam 52% dos cargos em instituições de pesquisa da Secretaria de Agricultura e são maioria na ocupação de cargos de diretoria e...

PIAUÍ: AÇÃO LEVARÁ ALIMENTOS A MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE

A campanha solidária organizada pela Suparc Piauí vai arrecadar alimentos para o Projeto Avançar, voltado para mulheres em situação de risco A Superintendência de Parcerias...