PROJETO URBIS PARTICIPA DE 17ª SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM BRASÍLIA

O projeto Urbis, desenvolvido pelo Núcleo de Acesso à Terra Urbanizada em parceria com a Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, atuou na elaboração de materiais que pudessem auxiliar numa melhor compreensão dos pontos abordados pela Carta

Projeto Urbis participa de 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Brasília Uma equipe de bolsistas do Projeto Urbis participou da 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, com o tema Inteligência Artificial, em Brasília. Os estudantes do curso de Arquitetura e Urbanismo do Campus da Ufersa em Pau dos Ferros, Cícero França, Caio Queiroz e Nina Cavalcante, acompanharam todas atividades do stand do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), com o tema a Carta Brasileira para Cidades Inteligentes, lançada na última semana.

O projeto Urbis, desenvolvido pelo Núcleo de Acesso à Terra Urbanizada em parceria com a Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, atuou na elaboração de materiais que pudessem auxiliar numa melhor compreensão dos pontos abordados pela Carta. O coordenador do Núcleo Acesso à Terra Urbanizada, o Professor Dr. Almir Mariano de Sousa Júnior, explica que “a Carta Brasileira para Cidades Inteligentes é o marco regulatório no país, trazendo orientações aos gestores municipais de como transformar suas cidades, contando com o auxílio da população na definição de indicadores, problemas e soluções. Essa integração possibilitará uma gestão participativa e inovadora”.

No stand foram realizadas atividades que traziam as informações de forma didática, dinâmica e lúdica, com a realização de jogos, como o dos sete erros e quebra-cabeça, e óculos de realidade virtual, disponíveis em uma espécie de circuito. Durante as visitas, também foi feita uma coleta de dados entre os participantes sobre os pontos que elas consideram positivos e negativos em suas cidades. E, ao final, a criança ou adulto fez um desenho ou definiu em uma palavra o que compreendeu. As respostas ficaram em uma nuvem de palavras e em um painel mural com as informações.

“As pessoas tiveram o primeiro contato com a Carta e estão gostando, especialmente pela forma que estamos expondo o conteúdo, então acreditamos que será muito proveitoso para disseminar a importância do documento e fortalecer essa política nacional”, disse o estudante Cícero França. Carta Brasileira para Cidade Inteligentes.

A Carta Brasileira para Cidades Inteligentes foi elaborada com a participação do Governo Federal, sociedade civil, da academia e setor privado. O documento tem como premissas a Política Nacional de Desenvolvimento Urbano e visa orientar a agenda de cidades inteligentes para os próximos anos, servindo de base para estados e municípios na construção de políticas para o desenvolvimento de cidades inteligentes e sustentáveis. Você pode acessar a carta clicando aqui.

Fonte: Acesso à Terra Urbanizada 

Publicidade

Últimas Matérias

PREFEITURA DE BELÉM INICIA ALINHAMENTO DE PROJETOS ESTRUTURANTES DE MOBILIDADE

A partir das diretrizes debatidas, os projetos de mobilidade serão analisados e readequados pelas equipes técnicas das secretarias integradas A Prefeitura de Belém deu início,...

APLICATIVO DE TRANSPORTE LANÇA CATEGORIA EXCLUSIVA PARA MULHERES

Com o objetivo é aumentar segurança para elas na plataforma 99Mulher, a 99 oferece a possibilidade de motoristas mulheres atenderem apenas passageiras A partir de...

FÁBRICA DE CULTURA OFERECE LEITOR DIGITAL COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Sapopemba, em São Paulo,  foi uma das unidades que recebeu a câmera inteligente capaz de ler textos em vários idiomas, reconhecer cores e pessoas...

A MOBILIDADE DO FUTURO É COMPARTILHADA, MULTIMODAL E SUSTENTÁVEL

A mobilidade e as cidades devem ser planejadas juntas e priorizando a integração, o compartilhamento da frota e a necessidade do usuário A cidade...

IDEIAGOV LANÇA O PROGRAMA DE ACELERAÇÃO VISANDO FOMENTAR A INOVAÇÃO SOCIAL

Hub de Inovação do Governo de São Paulo abre seleção de Negócios de Impacto com o objetivo de amenizar os efeitos negativos da pandemia São...