PESQUISA INSTITUTO CLIMA E SOCIEDADE (ICS): MOBILIDADE DE BAIXAS EMISSÕES

Os resultados indicam uma maior consciência da população em relação ao uso de motores a combustão, além de disponibilidade para a adoção de meios mais sustentáveis

O Instituto Clima e Sociedade (iCS) disponibiliza a partir de hoje (07/12) a pesquisa “Mobilidade de Baixas Emissões, Qualidade do Ar e Transição Energética No Brasil”. Os dados mostram a percepção do brasileiro sobre a conexão entre os combustíveis fósseis, poluição do ar e mudanças climáticas. Os resultados indicam uma maior consciência da população em relação ao uso de motores a combustão, além de disponibilidade para a adoção de meios mais sustentáveis.

Encomendada pelo iCS ao Instituto Ideia Big Data, a pesquisa realizada em março de 2020, com 2 mil entrevistados, compara dados coletados em 2017 com 2020. Dentre os principais destaques, os números indicam que 92% dos entrevistados gostaria de mais ônibus elétricos em suas cidades, 72% concorda que o uso de combustíveis fósseis é a principal causa das mudanças climáticas, aumento de 11 pontos percentuais em relação a 2017, e 67% estaria disposto a abrir mão do seu transporte individual por um meio de transporte mais limpo.

A pesquisa foi realizada por meio do portfólio de transportes do iCS. Para mais informações, entre em contato com o coordenador do portfólio, Marcel Martin (marcel@climaesociedade.org).

Fonte: Instituto Clima e Sociedade (ICs)

Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias