ESPECIALISTAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS PARTICIPAM DA 30ª CONFERÊNCIA ANPROTEC E DEBATEM SOBRE OS DESAFIOS PARA OS AMBIENTES DE INOVAÇÃO

O evento acontece entre 23 e 25 de novembro, com a programação do primeiro dia focada em gestores de ambientes de inovação

Entre os dias 23 a 25 de novembro de 2020 (segunda a quarta), a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem a 30ª Conferência Anprotec. Considerado o maior evento dedicado a parques tecnológicos, incubadoras e aceleradoras do país, a iniciativa reúne especialistas nacionais e internacionais, representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e  investidores. O evento acontece em formato 100% online, por meio de plataforma dedicada e exclusiva. 

O tema “Ambientes de Inovação 4.0 – Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global” tem o objetivo de debater amplamente o papel dos ambientes  de inovação, no contexto da Covid-19. As inscrições estão disponíveis no link: https://www.sympla.com.br/30-conferencia-anprotec-2020__1017112  

A Plenária de Abertura será realizada no dia 24/11, às 09h, e tem como objetivo discutir os desafios e as oportunidades para os ambientes de inovação em um cenário em constante transformação e de competitividade global. O painel conta com a participação do presidente da Anprotec, Francisco Saboya, do professor da USP e ex-presidente da Anprotec, Guilherme Ary Plonski; do CEO da Haifa Economic Corporation, Or Shahaf; e do diretor de Políticas do Global Sterling Group for Impact Investment, Sebastian Welisiejko.

NOVO CENÁRIO

A pandemia da Covid-19 trouxe mudanças profundas na sociedade e  alterou drasticamente o comportamento das pessoas em relações aos diversos meios. Assim, os ambientes de inovação – parques tecnológicos, incubadoras, aceleradoras e hubs de inovação – têm sido obrigados a avaliar seu modelo de negócios, seus espaços e sua entrega de valor para as startups e empresas nascentes. 

Sílvio Meira, presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro do Conselho Consultivo da Anprotec, destaca que já há alguns anos, termos como internet das coisas, big data, inteligência artificial, e computação em nuvem e transformação digital fazem parte dos ciclos de discussão sobre competitividade e inovação. No entanto, a aplicação destas tecnologias nunca ocorreu de forma tão acelerada como em 2020. “Vivemos um apocalipse digital. Foram 25 anos em algumas semanas. As pessoas passaram a usar numa escala impensada as tecnologias e serviços que já estavam aí. A rede brasileira de internet teve um aumento de 30% no tráfego a partir de 15 de março”, disse.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0

Para aquecer os motores do ecossistema de inovação, na segunda-feira, 23 de novembro, acontece a Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0 como atividade pré-evento da 30ª edição da Conferência Anprotec de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação.

Com três horas de duração, a Oficina será realizada por especialistas do Laboratório de Criatividade do Tecnopuc (Crialab) em duas partes: das 10h30 às 12h00 e das 14h00 às 15h30.

Destinada especificamente para gestores de ambientes de inovação, a atividade irá tratar sobre liderança no âmbito dos ambientes 4.0.

As vagas são limitadas a até 100 pessoas. Por isso, os interessados devem se inscrever previamente na Oficina, que tem um investimento de R$150,00.

*A inscrição na atividade pré-evento não dá acesso ao participante acompanhar o restante da programação da Conferência Anprotec.

CLIQUE AQUI e inscreva-se na Oficina Colaboração Ativa: Liderança 4.0!

Os dias 24 e 25/11 serão dedicados à discussão do tema central “Ambientes de Inovação 4.0: Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global”, com a participação de mais de 60 palestrantes nacionais e internacionais: representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e  investidores, discutindo os cinco subtemas que serão pilares do evento: Capital Humano – O papel e os desafios dos ambientes de inovação 4.0; Inovação Aberta – Ecossistema de inovação como instrumentos de transformação das indústrias tradicionais; Financiamento – Novos modelos de sustentabilidade para os ambientes de inovação; Cidades – Ecossistemas de inovação como alavancas para o desenvolvimento humano sustentável;  e Tecnologia – O papel dos ambientes de inovação para a geração de soluções na nova dinâmica global.

24 DE NOVEMBRO

09h às 10h30 – Plenária de Abertura
11h às 12h30 – Painel 1 – Ambientes promotores de inovação: como potencializar inovação nas empresas e no governo?
Palestrantes: Daniel dos Santos Leipnitz, vice-presidente da Anprotec; e Igor Nazareth, subsecretário de Inovação no Ministério da Economia.

11h às 12h30 – Painel 2 – Sessão de dúvidas e propostas para Agências e Entidades de Fomento: MCTI, CNPQ, E FINEP
Palestrantes: Jorge Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUC-RS (ex-presidente e conselheiro da Anprotec); e Evaldo Vilela, presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

11h às 12h30 – Painel 3 – Sessão de dúvidas e propostas para Agências e Entidades de Fomento: SEBRAE, SENAI E MEI
Palestrantes: Angélica Mendes Salles, diretora de Administração e Finanças da Anprotec; Paulo Renato Cabral, gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional; Gianna Sagazio, diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI); e Pedro Wongtschowski, Líder da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI). 

11h às 12h30 – Painel 4 – Sessão de dúvidas e propostas para Investimentos Privados
Palestrantes: Rosana Jamal, diretora de Empresas da Anprotec; Derek Lundgren Bittar, cofundador da Indicator Capital, João Ventura, sling Hub da Gavea Angels; e Andrea Oliveira, cofundadora e CEO da Positive Ventures.

Das 13h30 às 15h30 serão realizados, simultaneamente, 5 painéis focados em Oficinas de Desafios, com foco no temas: Capital Humano, Inovação Aberta, Financiamento, Cidades e Desafios Tecnologia.

16h às 17h30 – Boas Práticas

25 DE NOVEMBRO

09h às 10h30 – Painel 1 – Capital Humano
Abordagem: Com o tempo, o turnover também pode ser reduzido e o investimento em boas práticas pode ser pago com a redução de custos e prejuízos associados ao elevado índice de demissão, por exemplo. Nesse sentido, mais automatização e posicionamento analítico e estratégico se convertem facilmente no investimento em capital humano. Menos burocracia também permite que os especialistas de RH se dediquem na identificação de novas oportunidades e carências. Discutir sobre o papel do capital humano nos ambientes de inovação, e os principais desafios enfrentados pela área.
Palestrantes: Iara Neves, diretora Técnica da Anprotec; Anna de Souza Aranha, diretora da Quintessa, aceleradora de negócios de impacto; e Júlia Melo, diretora Nacional do Amani Institute no Brasil.

09h às 10h30 – Painel 2 – Inovação Aberta
Abordagem: Como os ambientes de inovação atuam na transformação das indústrias tradicionais?
Palestrantes: Arthur Gibbon, presidente da Reginp; Alexandre Mosquim, responsável por Inovação Aberta na Vale; Marcos Calderon, líder de inovação aberta na Vale; e Luís Fernando Guggenberger, executivo de Corporate Venture da Vedacit Soluções Tecnológicas. 

09h às 10h30 – Painel 3 – Financiamento
Abordagem: Como os ambientes de inovação devem estar alinhados com os investidores e empreendedores para a sustentabilidade do ecossistema de inovação Brasileiro?
Palestrantes: Jardel Mattos, diretor de Redes e Associados da Anprotec, Graziella Comini, coordenadora do Centro de Empreendedorismo Social e Administração do Terceiro Setor (CEATS); Rodrigo Menezes, Founding Partner Derraik & Menezes Advogados; e Tecia Vieira Carvalho – Presidente do Núcleo de Estudos e Pesquisas do Norte e Nordeste (NEPEN). 

09h às 10h30 – Painel 4 – Desafio Cidades
Abordagem: Como os ecossistemas de inovação podem alavancar o desenvolvimento urbano sustentável?
Palestrantes: Carlos Eduardo Aranha, diretor de Novos Ambientes de Inovação da Anprotec; Luiz Carlos Pinto da Silva, coordenador do Pacto Alegre; Vinicius Lages, diretor técnico do Sebrae Alagoas; Rodolfo Fiori, cofundador da Gove.

09h às 10h30 – Painel 5 – Tecnologias
Qual o papel dos ambientes de inovação para a geração de tecnologia na nova dinâmica global?
Palestrantes: Rodrigo Mendes, diretor de Relações Internacionais da Anprotec; Ana Calçado, diretora Presidente da Wylinka; e Mariana Fonseca, cofundadora da Pipe.Social. 

11h às 12h30 – Apresentação de Trabalhos

13H30  ÀS 17H30 – FÓRUM SEBRAE DE INOVAÇÃO
13h30 – Abertura
Palestrante: Paulo Puppin Zandonadi, gerente-adjunto da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

13h35 – Estratégia CATALISA de Inovação Aberta & plataforma WorldLabs
Agnaldo Dantas, analista Técnico da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae Nacional.

13h55 – Lançamento do Edital Catalisa ICT
Palestrante: Hulda Giesbrecht, analista de Inovação do Sebrae Nacional.

14h10 – Painel Pesquisador & Empreendedor
Palestrantes: Rochel Montero Lago, professor da UFMG; Fernanda Checchinato, CEO Founder da Aya Tech; Edleno Moura, professor do Instituto de Computação da UFAM; e Paulo Renato Cabral (moderação), gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

15h10 – Ecossistemas locais de inovação catalisando inovação aberta
Palestrante: Paulo Renato Cabral (moderação), gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

15h40 – Painel Catalisa CORP – inovação aberta com corporates
Palestrantes: Rafael Castro, especialista em Inovação Aberta do Sebrae Nacional; Luiz Henrique Costa, sócio-diretor da Qualidados Engenharia; Luiz Carvalho, líder do o escritório de projetos em parceria público/privada do Parque Tecnológico SJC; Rodrigo Dienstmann, fundador, CMO e head de experience design da Mondo DX; Pierre Satiro, head Corporate e COO do Inovabra Habitat; João Bosco Estevam, gerente de Inovação da Bancorbrás; Giovana Gohr Serenato (moderação), analista da Unidade de Inovação do Sebrae Nacional.

16h30 – Programa Ecossistemas Locais de Inovação (ELI)
Palestrante: Krishna Aum, coordenador de projetos de inovação do Sebrae Nacional.

16h50 – Painel Como os ambientes podem dinamizar os ecossistemas de inovação?
Palestrantes: Leandro Carioni, diretor Executivo na Fundação CERTI; Fabrício Bianchi, gerente Regional Norte Sebrae-PR; e Evelyne Labanca (moderação), Analista de inovação do Sebrae Nacional.

17h30 às 19h – Plenária de Encerramento
Palestrantes: Fernanda Bombardi, gerente Executiva do Instituto de Cidadania Empresarial; Jorge Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUC-RS (ex-presidente e conselheiro da Anprotec); Célia Cruz, diretora Executiva do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE); e Francisco Saboya, presidente da Anprotec. 

A programação completa está disponível em:  https://anprotec.org.br/conferencia2020/programacao/

O credenciamento para os profissionais de imprensa está disponível em: https://bit.ly/2UKF3fn  

Fonte: Comunicação 30ª Conferência Anprotec 

Eliane Bueno
Eliane Bueno
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito
Publicidade

Últimas Matérias

TECNOLOGIA VOLTADA PARA O SANEAMENTO

A falta de acesso a rede de água e esgoto é ainda um dos principais desafios para as cidades brasileiras. Entenda como a tecnologia...

VITÓRIA: EVENTO REÚNE ESPECIALISTAS PARA DEBATER SOBRE SMART CITIES

O evento acontece em formato virtual e apresentará o Plano de Cidades Inteligentes para a capital capixaba, 5ª cidade mais conectada do País, de...

PROBLEMAS SAZONAIS X SOLUÇÕES PONTUAIS: O ERRO HABITUAL DOS PLANOS DE GOVERNO LOCAIS

Seria muito bom viver em cidades que criaram soluções criativas para lidar com os novos desafios  Aconteceu algo muito ruim na minha cidade natal: o...

ABES E BRAZILLAB FECHAM PARCERIA PARA ESTIMULAR INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO

Participantes terão acesso gratuito, por um período de seis meses, aos serviços e experiência da Associação nas áreas jurídica, regulatória, tributária e mercadológica A ABES...