ESPECIALISTAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS PARTICIPAM DA 30ª CONFERÊNCIA ANPROTEC E DEBATEM SOBRE OS DESAFIOS PARA OS AMBIENTES DE INOVAÇÃO

O evento acontece entre 23 e 25 de novembro, com a programação do primeiro dia focada em gestores de ambientes de inovação

Entre os dias 23 a 25 de novembro de 2020 (segunda a quarta), a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem a 30ª Conferência Anprotec. Considerado o maior evento dedicado a parques tecnológicos, incubadoras e aceleradoras do país, a iniciativa reúne especialistas nacionais e internacionais, representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e  investidores. O evento acontece em formato 100% online, por meio de plataforma dedicada e exclusiva. 

O tema “Ambientes de Inovação 4.0 – Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global” tem o objetivo de debater amplamente o papel dos ambientes  de inovação, no contexto da Covid-19. As inscrições estão disponíveis no link: https://www.sympla.com.br/30-conferencia-anprotec-2020__1017112  

A Plenária de Abertura será realizada no dia 24/11, às 09h, e tem como objetivo discutir os desafios e as oportunidades para os ambientes de inovação em um cenário em constante transformação e de competitividade global. O painel conta com a participação do presidente da Anprotec, Francisco Saboya, do professor da USP e ex-presidente da Anprotec, Guilherme Ary Plonski; do CEO da Haifa Economic Corporation, Or Shahaf; e do diretor de Políticas do Global Sterling Group for Impact Investment, Sebastian Welisiejko.

NOVO CENÁRIO

A pandemia da Covid-19 trouxe mudanças profundas na sociedade e  alterou drasticamente o comportamento das pessoas em relações aos diversos meios. Assim, os ambientes de inovação – parques tecnológicos, incubadoras, aceleradoras e hubs de inovação – têm sido obrigados a avaliar seu modelo de negócios, seus espaços e sua entrega de valor para as startups e empresas nascentes. 

Sílvio Meira, presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro do Conselho Consultivo da Anprotec, destaca que já há alguns anos, termos como internet das coisas, big data, inteligência artificial, e computação em nuvem e transformação digital fazem parte dos ciclos de discussão sobre competitividade e inovação. No entanto, a aplicação destas tecnologias nunca ocorreu de forma tão acelerada como em 2020. “Vivemos um apocalipse digital. Foram 25 anos em algumas semanas. As pessoas passaram a usar numa escala impensada as tecnologias e serviços que já estavam aí. A rede brasileira de internet teve um aumento de 30% no tráfego a partir de 15 de março”, disse.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0

Para aquecer os motores do ecossistema de inovação, na segunda-feira, 23 de novembro, acontece a Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0 como atividade pré-evento da 30ª edição da Conferência Anprotec de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação.

Com três horas de duração, a Oficina será realizada por especialistas do Laboratório de Criatividade do Tecnopuc (Crialab) em duas partes: das 10h30 às 12h00 e das 14h00 às 15h30.

Destinada especificamente para gestores de ambientes de inovação, a atividade irá tratar sobre liderança no âmbito dos ambientes 4.0.

As vagas são limitadas a até 100 pessoas. Por isso, os interessados devem se inscrever previamente na Oficina, que tem um investimento de R$150,00.

*A inscrição na atividade pré-evento não dá acesso ao participante acompanhar o restante da programação da Conferência Anprotec.

CLIQUE AQUI e inscreva-se na Oficina Colaboração Ativa: Liderança 4.0!

Os dias 24 e 25/11 serão dedicados à discussão do tema central “Ambientes de Inovação 4.0: Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global”, com a participação de mais de 60 palestrantes nacionais e internacionais: representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e  investidores, discutindo os cinco subtemas que serão pilares do evento: Capital Humano – O papel e os desafios dos ambientes de inovação 4.0; Inovação Aberta – Ecossistema de inovação como instrumentos de transformação das indústrias tradicionais; Financiamento – Novos modelos de sustentabilidade para os ambientes de inovação; Cidades – Ecossistemas de inovação como alavancas para o desenvolvimento humano sustentável;  e Tecnologia – O papel dos ambientes de inovação para a geração de soluções na nova dinâmica global.

24 DE NOVEMBRO

09h às 10h30 – Plenária de Abertura
11h às 12h30 – Painel 1 – Ambientes promotores de inovação: como potencializar inovação nas empresas e no governo?
Palestrantes: Daniel dos Santos Leipnitz, vice-presidente da Anprotec; e Igor Nazareth, subsecretário de Inovação no Ministério da Economia.

11h às 12h30 – Painel 2 – Sessão de dúvidas e propostas para Agências e Entidades de Fomento: MCTI, CNPQ, E FINEP
Palestrantes: Jorge Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUC-RS (ex-presidente e conselheiro da Anprotec); e Evaldo Vilela, presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

11h às 12h30 – Painel 3 – Sessão de dúvidas e propostas para Agências e Entidades de Fomento: SEBRAE, SENAI E MEI
Palestrantes: Angélica Mendes Salles, diretora de Administração e Finanças da Anprotec; Paulo Renato Cabral, gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional; Gianna Sagazio, diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI); e Pedro Wongtschowski, Líder da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI). 

11h às 12h30 – Painel 4 – Sessão de dúvidas e propostas para Investimentos Privados
Palestrantes: Rosana Jamal, diretora de Empresas da Anprotec; Derek Lundgren Bittar, cofundador da Indicator Capital, João Ventura, sling Hub da Gavea Angels; e Andrea Oliveira, cofundadora e CEO da Positive Ventures.

Das 13h30 às 15h30 serão realizados, simultaneamente, 5 painéis focados em Oficinas de Desafios, com foco no temas: Capital Humano, Inovação Aberta, Financiamento, Cidades e Desafios Tecnologia.

16h às 17h30 – Boas Práticas

25 DE NOVEMBRO

09h às 10h30 – Painel 1 – Capital Humano
Abordagem: Com o tempo, o turnover também pode ser reduzido e o investimento em boas práticas pode ser pago com a redução de custos e prejuízos associados ao elevado índice de demissão, por exemplo. Nesse sentido, mais automatização e posicionamento analítico e estratégico se convertem facilmente no investimento em capital humano. Menos burocracia também permite que os especialistas de RH se dediquem na identificação de novas oportunidades e carências. Discutir sobre o papel do capital humano nos ambientes de inovação, e os principais desafios enfrentados pela área.
Palestrantes: Iara Neves, diretora Técnica da Anprotec; Anna de Souza Aranha, diretora da Quintessa, aceleradora de negócios de impacto; e Júlia Melo, diretora Nacional do Amani Institute no Brasil.

09h às 10h30 – Painel 2 – Inovação Aberta
Abordagem: Como os ambientes de inovação atuam na transformação das indústrias tradicionais?
Palestrantes: Arthur Gibbon, presidente da Reginp; Alexandre Mosquim, responsável por Inovação Aberta na Vale; Marcos Calderon, líder de inovação aberta na Vale; e Luís Fernando Guggenberger, executivo de Corporate Venture da Vedacit Soluções Tecnológicas. 

09h às 10h30 – Painel 3 – Financiamento
Abordagem: Como os ambientes de inovação devem estar alinhados com os investidores e empreendedores para a sustentabilidade do ecossistema de inovação Brasileiro?
Palestrantes: Jardel Mattos, diretor de Redes e Associados da Anprotec, Graziella Comini, coordenadora do Centro de Empreendedorismo Social e Administração do Terceiro Setor (CEATS); Rodrigo Menezes, Founding Partner Derraik & Menezes Advogados; e Tecia Vieira Carvalho – Presidente do Núcleo de Estudos e Pesquisas do Norte e Nordeste (NEPEN). 

09h às 10h30 – Painel 4 – Desafio Cidades
Abordagem: Como os ecossistemas de inovação podem alavancar o desenvolvimento urbano sustentável?
Palestrantes: Carlos Eduardo Aranha, diretor de Novos Ambientes de Inovação da Anprotec; Luiz Carlos Pinto da Silva, coordenador do Pacto Alegre; Vinicius Lages, diretor técnico do Sebrae Alagoas; Rodolfo Fiori, cofundador da Gove.

09h às 10h30 – Painel 5 – Tecnologias
Qual o papel dos ambientes de inovação para a geração de tecnologia na nova dinâmica global?
Palestrantes: Rodrigo Mendes, diretor de Relações Internacionais da Anprotec; Ana Calçado, diretora Presidente da Wylinka; e Mariana Fonseca, cofundadora da Pipe.Social. 

11h às 12h30 – Apresentação de Trabalhos

13H30  ÀS 17H30 – FÓRUM SEBRAE DE INOVAÇÃO
13h30 – Abertura
Palestrante: Paulo Puppin Zandonadi, gerente-adjunto da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

13h35 – Estratégia CATALISA de Inovação Aberta & plataforma WorldLabs
Agnaldo Dantas, analista Técnico da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae Nacional.

13h55 – Lançamento do Edital Catalisa ICT
Palestrante: Hulda Giesbrecht, analista de Inovação do Sebrae Nacional.

14h10 – Painel Pesquisador & Empreendedor
Palestrantes: Rochel Montero Lago, professor da UFMG; Fernanda Checchinato, CEO Founder da Aya Tech; Edleno Moura, professor do Instituto de Computação da UFAM; e Paulo Renato Cabral (moderação), gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

15h10 – Ecossistemas locais de inovação catalisando inovação aberta
Palestrante: Paulo Renato Cabral (moderação), gerente da unidade de inovação do Sebrae Nacional.

15h40 – Painel Catalisa CORP – inovação aberta com corporates
Palestrantes: Rafael Castro, especialista em Inovação Aberta do Sebrae Nacional; Luiz Henrique Costa, sócio-diretor da Qualidados Engenharia; Luiz Carvalho, líder do o escritório de projetos em parceria público/privada do Parque Tecnológico SJC; Rodrigo Dienstmann, fundador, CMO e head de experience design da Mondo DX; Pierre Satiro, head Corporate e COO do Inovabra Habitat; João Bosco Estevam, gerente de Inovação da Bancorbrás; Giovana Gohr Serenato (moderação), analista da Unidade de Inovação do Sebrae Nacional.

16h30 – Programa Ecossistemas Locais de Inovação (ELI)
Palestrante: Krishna Aum, coordenador de projetos de inovação do Sebrae Nacional.

16h50 – Painel Como os ambientes podem dinamizar os ecossistemas de inovação?
Palestrantes: Leandro Carioni, diretor Executivo na Fundação CERTI; Fabrício Bianchi, gerente Regional Norte Sebrae-PR; e Evelyne Labanca (moderação), Analista de inovação do Sebrae Nacional.

17h30 às 19h – Plenária de Encerramento
Palestrantes: Fernanda Bombardi, gerente Executiva do Instituto de Cidadania Empresarial; Jorge Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUC-RS (ex-presidente e conselheiro da Anprotec); Célia Cruz, diretora Executiva do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE); e Francisco Saboya, presidente da Anprotec. 

A programação completa está disponível em:  https://anprotec.org.br/conferencia2020/programacao/

O credenciamento para os profissionais de imprensa está disponível em: https://bit.ly/2UKF3fn  

Fonte: Comunicação 30ª Conferência Anprotec 

Eliane Bueno
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito

Últimas Matérias

COM APOIO INÉDITO DO GOVERNO BRITÂNICO, FUNDAÇÃO LEMANN, NOVA  ESCOLA, INSTITUTO REÚNA E BRITISH COUNCIL SE UNEM PARA TRANSFORMAR  O ENSINO DE INGLÊS NO...

Com aporte de 8 milhões de libras do Governo do Reino Unido, programa “Skills for  Prosperity” é implementado com ênfase na rede pública de...

15 PROJETOS PARA DIMINUIR A EMISSÃO DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA USP

A Superintendência de Gestão Ambiental investirá, ao todo, R$ 500 mil nos projetos, que terão duração de dois anos A Superintendência de Gestão Ambiental (SAG)...

USP DISPONIBILIZA TESTE PARA DIAGNOSTICAR COVID-19 PELA SALIVA

Desenvolvido no Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco da USP, o exame poderá ser feito inicialmente por moradores da capital paulista O Centro...