VENDAS DE VEÍCULOS ELETRIFICADOS NO BRASIL BATEM NOVO RECORDE EM 2020

ABVE prevê 19 mil VEs emplacados até dezembro, com crescimento de 60% sobre 2019

As vendas de veículos elétricos e híbridos (VEs) no Brasil em 2020 bateram novo recorde e superaram em apenas nove meses (janeiro a setembro) o total de vendas de todo o ano de 2019.

Considerando que 2019 tinha sido, até então, o melhor ano da eletromobilidade no País, com o triplo de vendas de 2018 (quadro abaixo), o resultado mostra um crescimento forte e consistente desse mercado, segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico.

A ABVE prevê fechar 2020 com 19 mil veículos eletrificados vendidos no Brasil, o que corresponde a um aumento de 60% em relação a 2019 e de 378% em relação a 2018.

OUTUBRO

De janeiro a outubro de 2020, o total de eletrificados emplacados no Brasil foi de 15.565 unidades, contra 11.858 de janeiro a dezembro de 2019. Em 2018, o total foi de 3.970 unidades.

Outubro também foi o segundo melhor mês da história da mobilidade elétrica no Brasil, com 2.273 unidades comercializadas, só superado por dezembro de 2019 (2.409).

“Esses ótimos resultados confirmam nossa expectativa de que o mercado de eletrificados no Brasil tende a dobrar de tamanho a cada dois anos, ou menos” – disse Thiago Sugahara, vice-presidente de Veículos Leves da ABVE e executivo da Toyota.

De 2012 até outubro de 2020, a frota eletrificada em circulação no Brasil chega a 38. 089 veículos, devendo passar de 41 mil em dezembro.

Os totais referem-se à soma de automóveis e comerciais leves emplacados pelo Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores, do Ministério da Economia).

Os números incluem veículos híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e 100% elétricos (BEV). Excluem ônibus, caminhões e outros veículos elétricos, como motos e e-bikes.

CRESCIMENTO

Os dados do Renavam, compilados pela ABVE, apontam para uma acentuada curva de crescimento do mercado de eletrificados nos últimos três anos. Confira:

2012 a 2018: total da frota de VEs em circulação no Brasil = 10.666 unidades emplacadas;
2018 a 2019: total de VEs = 22.524;
2019 a 2020: total de VEs = 41.500 (previsão).

FONTE: ABVE/Renavam

Confirmada a estimativa de aumento de 60% nas vendas em 2020 sobre 2019, a evolução dos VEs no Brasil seguirá uma trajetória oposta à do conjunto do mercado.

A estimativa de outubro da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê queda de 31% nas vendas domésticas totais em 2020, em relação ao ano passado.

INCENTIVOS

Ainda assim, uma frota eletrificada de 41.500 veículos representa apenas 0,09% da frota total de automóveis e comerciais leves em circulação no Brasil (43.494.224 veículos em 2019, segundo o Relatório de Frota Circulante do Sindipeças).

A ABVE defende um conjunto de medidas que transmitam confiança aos compradores e segurança às empresas que querem apostar na eletromobilidade – especialmente num cenário em que a Covid-19 leva os consumidores a dar preferência ao transporte limpo como alternativa aos veículos a combustível fóssil.

Entre essas medidas, está a equiparação das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos veículos eletrificados às da maioria do mercado de automóveis convencionais.

Hoje, os eletrificados pagam entre 12% e 18% de IPI, em média, enquanto um carro flex 1.0 a combustão paga apenas 7%.

“Defendemos igualdade de condições aos veículos eletrificados, que são muito mais eficientes e menos poluentes do que qualquer similar convencional com motor a combustão; é uma questão de justiça tributária” – afirmou o diretor da ABVE Thiago Sugahara.

A ABVE propõe também incentivos à instalação de redes de recarga elétrica nas principais cidades e rodovias e isenção do IPVA cobrado sobre veículos eletrificados (hoje, menos de dez Estados brasileiros têm leis com esse objetivo).

ELEIÇÕES

Outra ação recente da ABVE é o lançamento da Carta pela Eletromobilidade, que está sendo apresentada a candidatos a prefeito e vereador das principais cidades brasileiras (íntegra em www.abve.org.br).

A Carta faz uma defesa da mobilidade sustentável no transporte público e individual e apresenta um conjunto de propostas às futuras autoridades municipais que serão eleitas em 2020.

O candidato que quiser assinar a Carta pode entrar em contato pelo e-mail abve@abve.org.br

Fonte: Assessoria de Imprensa ABVE

Últimas Matérias

COM APOIO INÉDITO DO GOVERNO BRITÂNICO, FUNDAÇÃO LEMANN, NOVA  ESCOLA, INSTITUTO REÚNA E BRITISH COUNCIL SE UNEM PARA TRANSFORMAR  O ENSINO DE INGLÊS NO...

Com aporte de 8 milhões de libras do Governo do Reino Unido, programa “Skills for  Prosperity” é implementado com ênfase na rede pública de...

15 PROJETOS PARA DIMINUIR A EMISSÃO DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA USP

A Superintendência de Gestão Ambiental investirá, ao todo, R$ 500 mil nos projetos, que terão duração de dois anos A Superintendência de Gestão Ambiental (SAG)...

USP DISPONIBILIZA TESTE PARA DIAGNOSTICAR COVID-19 PELA SALIVA

Desenvolvido no Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco da USP, o exame poderá ser feito inicialmente por moradores da capital paulista O Centro...