VENDAS DE VEÍCULOS ELETRIFICADOS NO BRASIL BATEM NOVO RECORDE EM 2020

ABVE prevê 19 mil VEs emplacados até dezembro, com crescimento de 60% sobre 2019

As vendas de veículos elétricos e híbridos (VEs) no Brasil em 2020 bateram novo recorde e superaram em apenas nove meses (janeiro a setembro) o total de vendas de todo o ano de 2019.

Considerando que 2019 tinha sido, até então, o melhor ano da eletromobilidade no País, com o triplo de vendas de 2018 (quadro abaixo), o resultado mostra um crescimento forte e consistente desse mercado, segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico.

A ABVE prevê fechar 2020 com 19 mil veículos eletrificados vendidos no Brasil, o que corresponde a um aumento de 60% em relação a 2019 e de 378% em relação a 2018.

OUTUBRO

De janeiro a outubro de 2020, o total de eletrificados emplacados no Brasil foi de 15.565 unidades, contra 11.858 de janeiro a dezembro de 2019. Em 2018, o total foi de 3.970 unidades.

Outubro também foi o segundo melhor mês da história da mobilidade elétrica no Brasil, com 2.273 unidades comercializadas, só superado por dezembro de 2019 (2.409).

“Esses ótimos resultados confirmam nossa expectativa de que o mercado de eletrificados no Brasil tende a dobrar de tamanho a cada dois anos, ou menos” – disse Thiago Sugahara, vice-presidente de Veículos Leves da ABVE e executivo da Toyota.

De 2012 até outubro de 2020, a frota eletrificada em circulação no Brasil chega a 38. 089 veículos, devendo passar de 41 mil em dezembro.

Os totais referem-se à soma de automóveis e comerciais leves emplacados pelo Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores, do Ministério da Economia).

Os números incluem veículos híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e 100% elétricos (BEV). Excluem ônibus, caminhões e outros veículos elétricos, como motos e e-bikes.

CRESCIMENTO

Os dados do Renavam, compilados pela ABVE, apontam para uma acentuada curva de crescimento do mercado de eletrificados nos últimos três anos. Confira:

2012 a 2018: total da frota de VEs em circulação no Brasil = 10.666 unidades emplacadas;
2018 a 2019: total de VEs = 22.524;
2019 a 2020: total de VEs = 41.500 (previsão).

FONTE: ABVE/Renavam

Confirmada a estimativa de aumento de 60% nas vendas em 2020 sobre 2019, a evolução dos VEs no Brasil seguirá uma trajetória oposta à do conjunto do mercado.

A estimativa de outubro da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê queda de 31% nas vendas domésticas totais em 2020, em relação ao ano passado.

INCENTIVOS

Ainda assim, uma frota eletrificada de 41.500 veículos representa apenas 0,09% da frota total de automóveis e comerciais leves em circulação no Brasil (43.494.224 veículos em 2019, segundo o Relatório de Frota Circulante do Sindipeças).

A ABVE defende um conjunto de medidas que transmitam confiança aos compradores e segurança às empresas que querem apostar na eletromobilidade – especialmente num cenário em que a Covid-19 leva os consumidores a dar preferência ao transporte limpo como alternativa aos veículos a combustível fóssil.

Entre essas medidas, está a equiparação das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos veículos eletrificados às da maioria do mercado de automóveis convencionais.

Hoje, os eletrificados pagam entre 12% e 18% de IPI, em média, enquanto um carro flex 1.0 a combustão paga apenas 7%.

“Defendemos igualdade de condições aos veículos eletrificados, que são muito mais eficientes e menos poluentes do que qualquer similar convencional com motor a combustão; é uma questão de justiça tributária” – afirmou o diretor da ABVE Thiago Sugahara.

A ABVE propõe também incentivos à instalação de redes de recarga elétrica nas principais cidades e rodovias e isenção do IPVA cobrado sobre veículos eletrificados (hoje, menos de dez Estados brasileiros têm leis com esse objetivo).

ELEIÇÕES

Outra ação recente da ABVE é o lançamento da Carta pela Eletromobilidade, que está sendo apresentada a candidatos a prefeito e vereador das principais cidades brasileiras (íntegra em www.abve.org.br).

A Carta faz uma defesa da mobilidade sustentável no transporte público e individual e apresenta um conjunto de propostas às futuras autoridades municipais que serão eleitas em 2020.

O candidato que quiser assinar a Carta pode entrar em contato pelo e-mail abve@abve.org.br

Fonte: Assessoria de Imprensa ABVE

Publicidade

Últimas Matérias

TECNOLOGIA VOLTADA PARA O SANEAMENTO

A falta de acesso a rede de água e esgoto é ainda um dos principais desafios para as cidades brasileiras. Entenda como a tecnologia...

VITÓRIA: EVENTO REÚNE ESPECIALISTAS PARA DEBATER SOBRE SMART CITIES

O evento acontece em formato virtual e apresentará o Plano de Cidades Inteligentes para a capital capixaba, 5ª cidade mais conectada do País, de...

PROBLEMAS SAZONAIS X SOLUÇÕES PONTUAIS: O ERRO HABITUAL DOS PLANOS DE GOVERNO LOCAIS

Seria muito bom viver em cidades que criaram soluções criativas para lidar com os novos desafios  Aconteceu algo muito ruim na minha cidade natal: o...

ABES E BRAZILLAB FECHAM PARCERIA PARA ESTIMULAR INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO

Participantes terão acesso gratuito, por um período de seis meses, aos serviços e experiência da Associação nas áreas jurídica, regulatória, tributária e mercadológica A ABES...