CONFERÊNCIA ANPROTEC 2020 DEBATE OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA OS AMBIENTES DE INOVAÇÃO NO FUTURO PÓS-PANDEMIA

Considerado o maior evento dedicado a parques tecnológicos, incubadoras e aceleradoras do país, em sua 30ª edição, a Conferência tem como tema “Ambientes de Inovação 4.0 – Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global”, centrando suas discussões no papel dos ambientes no cenário pós-covid 19. 

Programada para os dias 23 a 25 de novembro, pela primeira vez em 30 edições, a Conferência Anprotec acontecerá de forma 100% online. Embora seja uma novidade para a Associação, os encontros virtuais fazem parte do novo normal de 2020. A pandemia trouxe mudanças profundas na sociedade, alterando drasticamente a forma como as pessoas trabalham, estudam, interagem, consomem e ocupam espaços. Nesse contexto, os ambientes de inovação – parques tecnológicos, incubadoras, aceleradoras e hubs de inovação – têm sido obrigados a avaliar seu modelo de negócios, seus espaços e sua entrega de valor para as startups e empresas nascentes. Contribuir com essas reflexões é o objetivo da Conferência Anprotec 2020, realizada pela Anprotec e o Sebrae.  

Já há alguns anos, termos como internet das coisas, big data, inteligência artificial, e computação em nuvem e transformação digital fazem parte dos ciclos de discussão sobre competitividade e inovação. No entanto, a aplicação destas tecnologias nunca ocorreu de forma tão acelerada como em 2020. “Vivemos um apocalipse digital. Foram 25 anos em algumas semanas. As pessoas passaram a usar numa escala impensada as tecnologias e serviços que já estavam aí. A rede brasileira de internet teve um aumento de 30% no tráfego a partir de 15 de março”, afirmou Sílvio Meira, presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro do Conselho Consultivo da Anprotec, durante a série de eventos online AnproTalks, criada pela Anprotec. 

OS TRÊS DIAS DE EVENTO 

 O primeiro dia da Conferência Anprotec, 23 será dedicado ao workshop “Qualificação e Reinvenção dos Ambientes de Inovação”, que terá como foco oferecer aos participantes uma abordagem prática, que auxiliará os ambientes de inovação a repensarem seus modelos de atuação e a forma como entregam valor para as empresas que abrigam, para que consigam atrair projetos e recursos humanos de alto potencial, diante dos atuais desafios impostos pelas novas condições e tecnologias. As atividades terão como objetivo auxiliar o participante a compreender as dinâmicas e ações que geram competitividade aos novos negócios, aprofundando práticas inovadoras na relação com o mercado e o cliente, na lógica financeira, em suas demandas por tecnologias e por diferenciação, bem como explorar novas práticas, como corporate venture, internacionalização e negócios de impacto social e ambiental. 

Os dois próximos dias serão dedicados à discussão do tema central “Ambientes de Inovação 4.0: Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global”, com a participação de mais de 60 palestrantes – brasileiros e internacionais – representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e  investidores, discutindo os cinco subtemas que serão pilares do evento:

Capital Humano: O papel e os desafios dos ambientes de inovação 4.0;

Inovação Aberta: Ecossistema de inovação como instrumentos de transformação das indústrias tradicionais; 

Financiamento: Novos modelos de sustentabilidade para os ambientes de inovação; 

Cidades: Ecossistemas de inovação como alavancas para o desenvolvimento humano sustentável; 

Tecnologia: O papel dos ambientes de inovação para a geração de soluções na nova dinâmica global.

O encontro virtual abrigará ainda O Fórum Sebrae de Inovação, a Assembleia IASP Latam e a  apresentação de trabalhos técnicos  dos associados Anprotec.  

“A qualificação dos gestores, líderes atuais e futuros de parques tecnológicos, aceleradoras, incubadoras, hubs de inovação e gestores públicos que implementam políticas de inovação é essencial, em especial em face da nova dinâmica imposta pela pandemia e o que virá no pós-pandemia. A reinvenção é o grande desafio dos ambientes de inovação. Durante a Conferência Anprotec 2020, nós queremos contribuir de forma decisiva para o sucesso diante deste desafio”, explica Carlos Eduardo Aranha, diretor da Anprotec. 

O evento conta com organização da Necta e as inscrições podem ser realizadas AQUI.

Eliane Bueno
Eliane Bueno
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito
Publicidade

Últimas Matérias

SETOR DE TI DA PREFEITURA DE SANTOS TEM TRÊS MULHERES NO COMANDO

As mulheres também são maioria entre os servidores do Município de Santos, que detém o maior percentual de população feminina entre as cidades brasileira No...

MULHERES E O ACESSO À CIDADE

Na cidade, o acesso ao transporte e o direito à mobilidade devem ser assegurados às mulheres e para todas e todos, independente de seu...

MULHERES SÃO MAIORIA EM CARGOS DE DIREÇÃO DA SECRETARIA DE AGRICULTURA DE SP

As mulheres ocupam 52% dos cargos em instituições de pesquisa da Secretaria de Agricultura e são maioria na ocupação de cargos de diretoria e...

PIAUÍ: AÇÃO LEVARÁ ALIMENTOS A MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE

A campanha solidária organizada pela Suparc Piauí vai arrecadar alimentos para o Projeto Avançar, voltado para mulheres em situação de risco A Superintendência de Parcerias...