CONTROLE DE TRÁFEGO DE SALVADOR TERÁ INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

ABDI instalará sistema em cooperação com a Prefeitura

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) iniciou em 14/09 parceria com a prefeitura de Salvador (BA) para o desenvolvimento de um projeto de Cidades Inteligentes na capital baiana. A prioridade será a adoção de tecnologias para mobilidade, como o controle de tráfego a partir do uso de inteligência artificial na gestão dos semáforos e a instalação de câmeras especiais para reconhecimento de placas dos veículos.

Por meio de um memorando de entendimentos assinado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, e o presidente da ABDI, Igor Calvet, a Agência trabalhará em cooperação com o município para detalhar prazos e locais de implantação do projeto. Estão previstos investimentos de R$ 5 milhões da ABDI em tecnologia a ser instalada ainda esse ano.

“Cidades Inteligentes é um movimento que ocorre de norte a sul do país. Quando decidimos alocar recursos em Salvador, vimos um trabalho já em andamento. Com esses projetos, queremos que o município seja um local de demonstração para o Brasil e outras prefeituras. Salvador já tem naturalmente a sua projeção, e essa iniciativa, além do aparato tecnológico na área de mobilidade, será um motor de atração de investimentos muito grande. Queremos, no fim, o benefício para o cidadão”, explica Igor Calvet.

O sistema de monitoramento e controle de tráfego inclui câmeras especiais e um software que aponta as ocorrências usando inteligência artificial. A proposta é que a tecnologia ajude a dar mais fluidez e segurança ao trânsito, ao fornecer dados precisos e em tempo real à central de controle operacional, que funcionará junto ao Núcleo de Operações Assistidas (NOA). A previsão é que equipamentos sejam inicialmente instalados nos semáforos que ficam na região do Largo do Tanque e da Av. General San Martin.

“Na nossa visão de futuro, a médio e longo prazo, existem dois pilares fundamentais de impulsionamento econômico para a cidade e um deles é exatamente o setor tecnológico. A prefeitura tem que estar preparada, nós trabalhamos com planejamento. Já fizemos várias intervenções na região da San Martin. Mas em função do volume enorme de veículos que passam por lá está será uma solução extremamente adequada”, avalia o prefeito ACM Neto.

CIDADES DO FUTURO

Os projetos de Cidades Inteligentes da ABDI envolvem a integração de tecnologias como Internet das Coisas (IoT), Big Data, Inteligência Artificial e Conectividade.

“Aumentar a produtividade da nossa economia passa pela inovação nas empresas, nas cidades e nos estados. A ABDI tem esse foco e busca nesses projetos a difusão do setor de tecnologia nas cidades para proporcionar mais qualidade de vida para o cidadão e sobretudo um ambiente para as empresas produzirem mais e melhor”, acrescentou Calvet.

Com soluções já aplicadas em outros municípios, como Foz do Iguaçu (PR), Curitiba (PR) e Petrolina (PE), e outras em desenvolvimento, como em Macapá (AM), a ABDI investe em inovação e estimula o aumento da competitividade da indústria por meio do aumento da demanda por tecnologias provocada pela demonstração dos efeitos e potenciais dessas soluções em ambiente real.

O conceito Cidades Inteligentes vem sendo amplamente discutido e estudado no mundo todo e tem como foco a melhoria da qualidade de vida do cidadão. As cidades inteligentes utilizam sistemas interligados e interoperáveis para o uso estratégico de infraestrutura, serviços e comunicação. Essas tecnologias reduzem custos de infraestrutura, operação e manutenção dos municípios e capacitam a gestão pública para o atendimento às demandas sociais e econômicas da sociedade.

A ABDI atua na área com três projetos: o Living Lab, Eletromobilidade e Segurança Pública para Cidades Inteligentes.

Fonte: ABDI 

Últimas Matérias

LONGEVIDADE EM SMART CITIES

Como cidades humanas, resilientes e inclusivas devem se adaptar ao cenário do envelhecimento crescente da população.   De acordo com a segunda edição do Índice de...

ARTIGO PAULA FARIA – EMBAIXADORA MOBILIDADE ESTADÃO: ENCURTAR DISTÂNCIAS É UM DOS GRANDES DESAFIOS DA MOBILIDADE

Mais que melhorar a experiência ou a rapidez com que as pessoas atravessam a cidade, mobilidade urbana significa acesso a oportunidades *Por Paula Faria  “Como sair...

CENSO MOSTRA QUE ENSINO A DISTÂNCIA GANHA ESPAÇO NO ENSINO SUPERIOR

Em 2009, as matrículas dos calouros em EaD representavam 16,1% do total. Em 2018, elas representavam 39,8% do total de estudantes que ingressaram nas...

SMART MOBILITY

Com a pandemia do coronavírus, soluções de mobilidade individual se tornaram mais atrativas De acordo com dados da Associação Nacional dos DETRANS, o Brasil possui uma...

PROJETO DO GOVERNO CRIA MARCO LEGAL DAS STARTUPS E DO EMPREENDEDORISMO INOVADOR

Os objetivos do governo com a proposta incluem fomentar esse ambiente de negócios; aumentar a oferta de capital para investimento em startups; e disciplinar...