ENEL X INSTALA USINA FOTOVOLTAICA PARA EMPRESA DE ALIMENTAÇÃO NO CEARÁ

A planta possui 1.340 painéis solares e uma capacidade de cerca de 500 kWp

A Enel X, linha de negócios globais da Enel dedicada ao desenvolvimento de produtos inovadores e soluções digitais, instalou uma usina fotovoltaica de minigeração distribuída no município de São Gonçalo do Amarante (CE) para a Nutrê, empresa que atua no ramo de alimentação no estado.

A planta possui 1.340 painéis solares e uma capacidade de cerca de 500 kWp. Toda a energia gerada será direcionada a hotéis, restaurantes e centrais de abastecimento de alimentos da Nutrê no Ceará.

O empreendimento é o lançamento mais recente de uma carteira de 76 projetos de geração distribuída da Enel X concluídos no Brasil, além de outros 18 que estão em desenvolvimento pela companhia no país.

De acordo com Leandro Abreu, responsável pela área de e-Industries da Enel X no Brasil, o negócio de construção de usinas solares em micro e minigeração distribuída é um dos focos da estratégia da empresa no Brasil e a região Nordeste tem se destacado no desenvolvimento de projetos deste tipo, graças à abundância de recursos naturais ao longo de todo o ano.

Segundo João Lucas Sotero, responsável pela Nutrê, os benefícios da instalação são vistos em toda a cadeia da empresa. “Aqui no Ceará, temos condições climáticas muito favoráveis para o uso de fontes de energias renováveis. Além da questão da sustentabilidade, que está totalmente alinhada à política de gestão da Nutrê, esse investimento nos trará um retorno muito positivo em termos de economia financeira”, destacou.

CEARÁ LIDERA RANKING DE GD NO NORDESTE

O estado do Ceará figura como primeiro lugar do Nordeste quando o assunto é geração distribuída de energia solar fotovoltaica, com 97.5 MW de potência instalada. O dado é de balanço mais recente da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

As capacidades econômica e de investimentos do Ceará, quando se tratam de energias renováveis, não têm como impulsionador somente uma costa de 573 km e ventos fortes. O estado possui um dos maiores índices de irradiação do Brasil. Dessa forma, o uso de energia solar cresce de forma gradativa e, como combustível, vem impulsionando o desenvolvimento em todo o território.

Segundo a Adece (Agência de Desenvolvimento do Ceará), com base em dados da ANEEL, 9.224 unidades geradoras, com potência de geração de 116 MW, espalham-se por 178 dos 184 municípios cearenses.

Fonte: Canal Solar

Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias