FUNDAÇÃO EZUTE ABRE EDITAL PARA CAPTAR RECURSOS PRIVADOS PARA DESENVOLVER PROJETOS DE PPP DE SERVIÇOS DE CONECTIVIDADE E TIC EM MUNICÍPIOS

A Ezute celebrou, recentemente, acordo de cooperação com o governo do Mato Grosso do Sul para a execução de serviços técnicos para modelagem de PPP para implantação, operação e manutenção de rede de telecomunicações nos 79 municípios do estado

A Fundação Ezute abriu edital para a captação de recursos junto à iniciativa privada para estruturação e desenvolvimento ou revisão de estudos de modelagem para projetos de PPP ou concessão de serviços de Conectividade Banda Larga e Tecnologia da Informação em municípios, estados ou consórcios públicos.

Recentemente, a Fundação Ezute celebrou acordo de cooperação com o governo do Mato Grosso do Sul para a execução de serviços técnicos especializados para modelagem de PPP para implantação, operação e manutenção de rede de telecomunicações, denominado “Infovia Digital”, nos 79 municípios do estado.

O processo padrão de PPP ou concessão prevê o PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) no qual entidades privadas elaboram estudos e modelagens para projetos públicos, por sua conta e risco. Entretanto, a taxa de sucesso desses projetos é de apenas 8%.

No modelo criado pela Ezute como alternativa ao PMI, a Fundação recebe doações com encargos das empresas privadas e desenvolve estudos e modelagens sem custos para os municípios e com muito mais isenção. Os potenciais doadores são organizações ou empresas com interesse em fomentar os setores abrangidos pelos chamamentos públicos.

As empresas interessadas em participar do edital para o desenvolvimento do projeto de modelagem da PPP para serviços de tecnologia e conectividade em banda larga podem acessar o site da Ezute.

INFOVIA DIGITAL

O projeto Infovia Digital do governo do Mato Grosso do Sul contemplará serviços de transmissão de voz, dados e imagens por meio de rede de fibra de alta capacidade em todo o Estado. Entre os itens previstos estão serviços de telefonia para atender todas as unidades públicas estaduais, na Saúde, a telemedicina, central de laudos, informações de vigilância sanitária, ensino a distância na Educação, videomonitoramento e acesso online aos sistemas dos tribunais na pasta de segurança pública, controle e fiscalização online nas fronteiras, arrecadação no Fisco estadual e pontos de acesso à internet para população com o objetivo de inclusão social.

Segundo o acordo celebrado, à Ezute caberá, entre outros trabalhos: revisar, atualizar e consolidar a versão final dos estudos técnicos, econômico-financeiro, operacional e jurídico do projeto; emitir relatórios técnicos mensais de cumprimento do objeto do acordo de cooperação e relatórios técnicos finais; apoiar o governo do MS na realização de audiência e consulta pública para o projeto e responder questionamentos e recursos sobre o edital do projeto.

Fonte: Fundação Ezute


Últimas Matérias

STARTUP DO CIETEC DESENVOLVE TESTE TOTALMENTE NACIONAL DE DIAGNÓSTICO DA COVID-19

Teste de baixo custo e alto desempenho, em desenvolvimento pela Biolinker, visa gerar kits para a detecção de anticorpos contra o novo...

ENERGIA RENOVÁVEL

O investimento no setor pode economizar bilhões de dólares a longo prazo, além de ser essencial para a construção de cidades inteligentes...

O PAPEL DA REGULAMENTAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA ELETROMOBILIDADE

A regulamentação do transporte público por ônibus é um dos principais mecanismos para garantir e viabilizar a prestação do serviço. Os modelos...

CURITIBA TERÁ CÂMERAS COM RECONHECIMENTO FACIAL EM PONTOS ESTRATÉGICOS

Lançamento da Muralha Digital, quase 500 novas câmeras de videomonitoramento serão instaladas em pontos estratégicos da cidade até o fim do ano

#ConectaTalks com a conselheira para o Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico da Embaixada da França | Françoise Méteyer-Zeldine destaca a cooperação entre as empresas...

Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, especialista em mercados de cidades inteligentes, mobilidade, aeroportos, segurança...