PARCERIA DO CONNECTED SMART CITIES COM O CLUBE CIDADES SUSTENTÁVEIS DA FRANÇA PREVÊ O FORTALECIMENTO DA PAUTA DE CIDADES ENTRE OS DOIS PAÍSES

Por meio do Clube Cidades Sustentáveis, que reúne 70 membros, o acordo tem o objetivo de fomentar, no contexto do Connected Smart Cities, a cooperação entre as empresas francesas e o Brasil para o desenvolvimento de cidades

O Connected Smart Cities firmou parceria com o Clube Cidades Sustentáveis,  iniciativa da Embaixada da França no Brasil, que reúne 70 membros e integra as atividades de cooperação França-Brasil. O acordo  tem o objetivo de fomentar, no contexto do Connected Smart Cities, o desenvolvimento de cidades, considerando a atuação das empresas do Clube na implementação de iniciativas voltadas para a mobilidade urbana, água e saneamento, produção de energia a partir de recursos renováveis, resíduos sólidos, iluminação pública, arquitetura, materiais de construção e redes urbanas em geral.

Criado em 2018, o Clube Cidades Sustentáveis reúne empresas e instituições francesas, consultores independentes e acadêmicos atuando no Brasil.

“A parceria com o Connected Smart Cities tem importância fundamental para o nosso trabalho, considerando o papel da plataforma como aglutinadora e protagonista no desenvolvimento das cidades brasileiras, com a grande vantagem de articulação e aproximação junto às prefeituras. Quando se fala em cidades sustentáveis, smart cities, essa relação de aproximação com os municípios faz toda a diferença”, enfatiza a conselheira para o Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico da Embaixada da França, Françoise Méteyer-Zeldine.

A conselheira destaca, ainda: “A parceria agrega a expertise do Connected Smart Cities às ações de integração das atividades de cooperação França-Brasil, reforçando a cooperação entre as prefeituras e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), com o objetivo de implementar políticas públicas”. 

SOBRE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPPS)

Françoise Méteyer-Zeldine comenta que o modelo de PPPs foi implantado na França há 500 anos e hoje é o modelo mais utilizado para a gestão dos serviços públicos urbanos, que precisa ter o cidadão como figura central.

“PPPs significa delegar o serviço público à iniciativa privada. Na França, nunca é uma privatização. Se entrega somente a gestão à iniciativa privada por um prazo determinado por contrato. Acredito que a experiência da França possa contribuir de forma importante com o Brasil como, por exemplo, a experiência das empresas e engenharia francesa em segmentos como resíduos sólidos e saneamento básico, áreas que já temos ações em andamento. A França conseguiu grande progresso nessa área e empresas que são referência no serviço público. E acreditamos que o Clube de Cidades Sustentáveis pode ser um vetor nesse sentido”, disse.

SOBRE A PARTICIPAÇÃO NO CONNECTED SMART CITIES E MOBILITY DIGITAL XPERIENCE 2020

No contexto da participação no evento nacional Connected Smart Cities, o Clube Cidades Sustentáveis irá participar de discussões sobre mobilidade urbana, cidadania e cyber segurança. “Esses temas passaram a ter ainda mais importância no contexto da pandemia de Covid-19 e faz todo o sentido a nossa abordagem com o olhar do que vem sendo adotado na França, principalmente a segurança da informação, onde a privacidade deve ser preservada como item fundamental”, concluiu.

DESTAQUES CSCM DX

A organização do Connected Smart Cities e Mobility Digital Xperience 2020 desenvolveu sua própria plataforma digital dedicada ao novo formato, focada em proporcionar aos participantes uma experiência que se espelhará ao ambiente presencial, por meio de: trilhas simultâneas de conteúdo; Expo virtual que permite a interação entre expositores e participantes; Rodadas de Negócios virtuais; networking com os participantes, entre outros diferenciais. 

Nesse sentido, a edição deste ano do tradicional e mais importante evento de Cidades Inteligentes e Mobilidade Urbana do Brasil será histórica. O CSCM DX terá cerca de 70 painéis, aproximadamente 300 palestrantes e 140 horas de conteúdo.


Eliane Bueno
Assessora de Imprensa da Necta - Conexões com Propósito

Últimas Matérias

STARTUP DO CIETEC DESENVOLVE TESTE TOTALMENTE NACIONAL DE DIAGNÓSTICO DA COVID-19

Teste de baixo custo e alto desempenho, em desenvolvimento pela Biolinker, visa gerar kits para a detecção de anticorpos contra o novo...

ENERGIA RENOVÁVEL

O investimento no setor pode economizar bilhões de dólares a longo prazo, além de ser essencial para a construção de cidades inteligentes...

O PAPEL DA REGULAMENTAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA ELETROMOBILIDADE

A regulamentação do transporte público por ônibus é um dos principais mecanismos para garantir e viabilizar a prestação do serviço. Os modelos...

CURITIBA TERÁ CÂMERAS COM RECONHECIMENTO FACIAL EM PONTOS ESTRATÉGICOS

Lançamento da Muralha Digital, quase 500 novas câmeras de videomonitoramento serão instaladas em pontos estratégicos da cidade até o fim do ano

#ConectaTalks com a conselheira para o Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico da Embaixada da França | Françoise Méteyer-Zeldine destaca a cooperação entre as empresas...

Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, especialista em mercados de cidades inteligentes, mobilidade, aeroportos, segurança...