INSTITUTO NÃO ACEITO CORRUPÇÃO LANÇA FERRAMENTA NACIONAL DE DENÚNCIAS SOBRE CRIMES COMETIDOS NA PANDEMIA

Com livre acesso a todos os cidadãos e fazendo a ponte com o Ministério Público, o Corruptovírus aceita denúncias de desvios, fraudes em licitações, crimes contra a saúde, ordem pública, entre outros ilícitos

O Instituto Não Aceito Corrupção lançuo em 28 de maio uma nova ferramenta de denúncias: o Corruptovírus. A plataforma, que está disponível no site do Instituto, recebe queixas dos cidadãos brasileiros relativas à pandemia do novo coronavírus. Apoiam a iniciativa mais de dez entidades, entre associações de classe, organizações da sociedade civil e movimentos sociais, como por exemplo a Transparência Brasil, Contas Abertas, Transparência Partidária, Ministério Público Democrático e outras.

“A ideia do Corruptovírus é empoderar as pessoas que, nesse momento de isolamento social, se sentem incapazes de agir quando veem desvios, crimes contra a saúde ou ao patrimônio público”, conta Roberto Livianu, Procurador de Justiça no Estado de São Paulo e Presidente do Instituto.

As denúncias apresentadas no Corruptovírus serão enviadas para o Ministério Público, para abertura de inquérito civil ou policial. Antes, porém, passarão por uma triagem técnica interna. Trata-se de uma tríade de membros do MP, que por meio de uma parceria com o INAC fará uma primeira análise sobre a consistência mínima das denúncias.

“O Corruptovírus nasce a partir do momento que observamos a quantidade de casos de desvios, fraudes e suspeitas de crimes durante essa, que é a maior crise sanitária, econômica e social dos últimos cem anos”, conta Livianu. “Entendemos que, como Instituto que combate a corrupção há pelo menos cinco anos, neste país, precisávamos fazer algo pela sociedade civil”, complementa o Procurador.  

Mais informações e como fazer denúncias no site da iniciativa.

Fonte: Assessoira de Imprensa Instituto Não Aceito Corrupção

Últimas Matérias

STARTUP DO CIETEC DESENVOLVE TESTE TOTALMENTE NACIONAL DE DIAGNÓSTICO DA COVID-19

Teste de baixo custo e alto desempenho, em desenvolvimento pela Biolinker, visa gerar kits para a detecção de anticorpos contra o novo...

ENERGIA RENOVÁVEL

O investimento no setor pode economizar bilhões de dólares a longo prazo, além de ser essencial para a construção de cidades inteligentes...

O PAPEL DA REGULAMENTAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA ELETROMOBILIDADE

A regulamentação do transporte público por ônibus é um dos principais mecanismos para garantir e viabilizar a prestação do serviço. Os modelos...

CURITIBA TERÁ CÂMERAS COM RECONHECIMENTO FACIAL EM PONTOS ESTRATÉGICOS

Lançamento da Muralha Digital, quase 500 novas câmeras de videomonitoramento serão instaladas em pontos estratégicos da cidade até o fim do ano

#ConectaTalks com a conselheira para o Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico da Embaixada da França | Françoise Méteyer-Zeldine destaca a cooperação entre as empresas...

Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, especialista em mercados de cidades inteligentes, mobilidade, aeroportos, segurança...