CONSÓRCIO LUZ DE ANGRA DESENVOLVIDO PELA HOUER CONCESSÕES VENCE LEILÃO PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO FLUMINENSE

Com deságio de 31%, a parceria público privada é uma das maiores já assinadas para o munícipio até hoje, sendo o 1º leilão realizado no país após a pandemia da Covid-19

No dia 08 de maio último, foi conhecida a vencedora do Leilão PPP de Iluminação Pública de Angra dos Reis. O consórcio Luz de Angra vai gerir pelos próximos 15 anos todo o parque de iluminação pública do município, modernizando em 100% a rede. O consórcio vencedor foi formado pelas empresas Enel X, Mobit e Selt. Este foi o primeiro leilão realizado desde que a pandemia do coronavírus se agravou no país.

O leilão foi às avessas (em deságio, no jargão técnico), e se baseou no valor mensal máximo que a prefeitura estava disposta a pagar mensalmente para que o consórcio gerenciasse a iluminação da cidade ao longo das próximas décadas: partiu de R$ 474 mil mensais. Ao final do pregão, que não contou com lances em viva-voz, o consórcio vencedor ofereceu seus serviços por R$ 327.060,00 mensais, um deságio de 31% em relação ao valor inicial.

“É fundamental neste momento termos ferramentas para movimentar a economia, gerar emprego e renda na região. As Parcerias Público Privadas são um excelente caminho para a retomada econômica do Brasil. Temos certeza de que foi uma decisão acertada da prefeitura”, avalia Thiago Grego, sócio-diretor da Houer Concessões, empresa responsável pelo desenvolvimento dos estudos de modelagem do projeto. 

Segundo Grego, a prefeitura vai conseguir antecipar investimentos na rede de iluminação, que talvez só acontecessem no longo prazo. Angra dos Reis possui 20.564 pontos de luz, entre postes de ruas, parques, monumentos e prédios públicos e o contrato prevê sua modernização em três anos. “Os munícipes terão uma cidade mais bem iluminada, mas segura e mais convidativa ao turista, o que será um incentivo ao desenvolvimento turístico e econômico de Angra”, disse.

“Esse é um ato importante em um momento difícil. Não podemos deixar de pensar na infraestrutura de Angra dos Reis, um dos locais que mais recebe turistas no Rio de Janeiro e, claro, em nossos cidadãos. Sem dúvidas, vão economizar 31% em um serviço melhor, gerando empregos e fomentando a economia local”, pontua o prefeito do município, Fernando Jordão.

Fonte: Houer Concessões

Últimas Matérias

STARTUP DO CIETEC DESENVOLVE TESTE TOTALMENTE NACIONAL DE DIAGNÓSTICO DA COVID-19

Teste de baixo custo e alto desempenho, em desenvolvimento pela Biolinker, visa gerar kits para a detecção de anticorpos contra o novo...

ENERGIA RENOVÁVEL

O investimento no setor pode economizar bilhões de dólares a longo prazo, além de ser essencial para a construção de cidades inteligentes...

O PAPEL DA REGULAMENTAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA ELETROMOBILIDADE

A regulamentação do transporte público por ônibus é um dos principais mecanismos para garantir e viabilizar a prestação do serviço. Os modelos...

CURITIBA TERÁ CÂMERAS COM RECONHECIMENTO FACIAL EM PONTOS ESTRATÉGICOS

Lançamento da Muralha Digital, quase 500 novas câmeras de videomonitoramento serão instaladas em pontos estratégicos da cidade até o fim do ano

#ConectaTalks com a conselheira para o Desenvolvimento Sustentável no Serviço Econômico da Embaixada da França | Françoise Méteyer-Zeldine destaca a cooperação entre as empresas...

Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, especialista em mercados de cidades inteligentes, mobilidade, aeroportos, segurança...