CUIABÁ ADOTA A UTILIZAÇÃO DE DRONES EM AÇÕES DE DESINFECÇÃO

No total, três equipamentos, com capacidade de 10 litros cada, passam a fazer parte da operação

A operação de desinfecção desenvolvida pela Prefeitura de Cuiabá entra em uma nova fase a partir de agora. O trabalho, que é realizado como forma de combate a propagação do novo coronavírus (Covid-19), passa a contar também com a utilização de drones. A primeira ação de pulverização área será realizada nesta segunda-feira (4). Na manhã de hoje, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, fez uma vistoria nos aparelhos.

No total, três equipamentos, com capacidade de 10 litros cada e podendo fazer de 15 a 20 voos, serão utilizados pela Secretaria de Serviços Urbanos para a execução da atividade. As ações serão realizadas de segunda-feira a sábado, em aproximadamente 40 condomínios instalados em território cuiabano. O planejamento é de que os drones façam parte da operação pelo período de 90 dias. 

“Cuiabá é a capital brasileira com o menor número de mortes por Covid-19 e estamos buscando manter a cidade fora de um destaque negativo. Queríamos estar comemorando um total de zero de vítimas, mas isso não foi possível. Todavia, continuamos adotando todas as medidas necessárias para manter a população protegida”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro. 

O emprego de drones nas ações de desinfecção é uma sequência do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Município desde o dia 28 de março. Com diferentes ferramentas à disposição, no primeiro momento, o serviço foi colocado em prática por meio do uso de seis borrifadores costais e, posteriormente, ganhou o reforço de dois caminhões-pipa. 

Com esse aparato, em pouco mais de 30 dias de operação, 377 ações de desinfecção já foram realizadas. A iniciativa atende praças, parques, vias, canteiros e unidades de saúde. O cronograma é montado com base em relatórios técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, abrangendo os locais apontados com maior incidência do vírus.

“Os drones são parecidos com os utilizados no ramo da agricultura, porém adaptados para essa ação de desinfecção na zona urbana. Para esse trabalho, vamos utilizar o produto cloreto benzalcônio. Os equipamentos serão manuseados por pessoas especializadas e a Secretaria de Serviços Urbanos dará todo o apoio no controle de condomínios e outras atividades necessárias”, explica o secretário José Roberto Stopa.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

Últimas Matérias

URBANISMO SUSTENTÁVEL

Como o planejamento urbano deve se voltar para a gestão de resíduos sólidos e economia circular para transformar cidades em smart cities A aprovação da Política...

PROJETO CIDADE INTELIGENTE DA PREFEITURA DE APARECIDA É DESTAQUE EM SEMINÁRIO SOBRE SEGURANÇA E TECNOLOGIA EM BRASÍLIA

O evento é organizado pela Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal e reunirá especialistas da Segurança Pública e empresários de tecnologia. Prefeito Gustavo...

MOTOROLA SOLUTIONS APRESENTA PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL CARRO COM ‘CENTRO DE COMANDO MÓVEL INTEGRADO’ PARA SEGURANÇA PÚBLICA

O evento é realizado pela Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) Durante a 3ª edição do Simpósio Internacional de Segurança – Edição...

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE SEGURANÇA – EDIÇÃO ONLINE ACONTECE DE 19 A 21 DE OUTUBRO

Sob o tema “As Inovações Tecnológicas no Combate à Criminalidade”, o evento reunirá especialistas em segurança pública. A palestra de abertura será sobre a...

COM 3 MIL ATIVIDADES, COMEÇA A SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

A ideia é popularizar esse tipo de conhecimento, muitas vezes restrito a acadêmicos, para os cidadãos, especialmente os mais jovens Começou neste sábado (17), a...