CSC RECEBE PROPOSTA DE PALESTRAS ATÉ 12 DE FEVEREIRO

Podem participar do processo: pesquisadores, estudiosos, empreendedores e organizações que possuam projetos e estudos dedicados à inovações e soluções para tornar as cidades brasileiras mais inteligentes, humanas, sustentáveis e conectadas

Com data confirmada para os dias 9 e 10 de setembro de 2020, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, a Plataforma Connected Smart Cities abre o processo para recebimento de propostas de palestras que irão compor a 6ª edição do evento nacional.

O objetivo da ação é destacar, fomentar e apresentar os cases mais inovadores para o mercado de cidades inteligentes, tendo como foco tornar os municípios brasileiros  mais inteligentes, humanos, sustentáveis e conectados.  Nesse sentido, a Plataforma iniciou o Call for Papers para a edição 2020 e podem participar do processo: pesquisadores, estudiosos, empreendedores e organizações que possuam projetos e estudos inovadores. Para participar, basta acessar o link: http://evento.connectedsmartcities.com.br/call-for-papers/ e inscrever a iniciativa.

De acordo com especialista em cidades inteligentes e idealizadora da Plataforma Connected Smart Cities, Paula Faria, o Call for Papers da edição 2020 deverá receber um número ainda maior de proposta na comparação com 2019, que já foi recorde e recebeu mais de 100 cases relacionados às iniciativas inovadoras de várias regiões do país.

“O objetivo do Call for Papers é reunir o maior número de trabalhos inovadores e que contribuam de forma fundamental para o desenvolvimento do mercado de cidades inteligentes no Brasil. Em 2019, recebemos o dobro de trabalhos de 2018 e, para 2020, esperamos ampliar ainda mais esse alcance, considerando o sucesso e a participação exponencial de prefeituras, especialistas, empresas e entidades dos diversos segmentos esse ano. Também estamos com um novo formato de atuação, onde a marca Connected Smart Cities se consolida como Plataforma e passa a oferecer novas ferramentas e soluções para esse setor”, enfatiza.

O Connected Smart Cities aborda os temas: Urbanismo Sustentável nas Cidades (inclui os Eixos Temáticos: Urbanismo, Meio Ambiente, Energia); Cidade Conectadas (inclui os Eixos Temáticos: Tecnologia e Segurança); Cidades Participativas (inclui o Eixo Temático: Governança); Cidades Prósperas (inclui o Eixo Temático: Economia); Cidades Resilientes (inclui os Eixos Temáticos: Educação e Saúde); e Cidades Empreendedoras (inclui o Eixo Temático: Empreendedorismo).

CRONOGRAMA CALL FOR PAPERS CONNECTED SMART CITIES 2020
Seleção e Prazos

Envio de proposta de palestra: 12/012/2020
Confirmação das palestras aceitas: 09/03/2020
Divulgação do programa: 31/03/2020

Deseja aplicar sua iniciativa? CLIQUE AQUI E SAIBA COMO PARTICIPAR!

SAIBA MAIS
O Connected Smart Cities 2020 está com nova estrutura. Nesse sentido, a Plataforma passa a atuar, além do Ranking Connected Smart Cities, único estudo no país focado nas cidades e que serve de base para os municípios melhorarem seus indicadores; o Prêmio, dedicado aos negócios inovadores e voltado às necessidades do cidadão; Blog: Canal colaborativo e de conteúdos relevantes sobre o futuro das cidades;  o Evento Nacional, fundamental para o mercado de smart cities; com o Learn Connected Smart Cities, iniciativa inovadora e imersiva sobre smart cities e que oferece cursos online para públicos de interesse. 

A expectativa da organização é que, em 2020, o evento supere os 2.300 participantes de 2019, além das cerca de 250 palestrantes, mais de 500 empresas e Reuniões de Negócios, por meio da plataforma inovadora de Speed-Dating. A 5ª quinta edição reuniu os diversos agentes relacionados aos governos, empresas e entidades nacionais e internacionais, com destaque para a presença de cerca de 300 prefeituras.

Por Comunicação do Connected Smart Cities

Últimas Matérias

TURISMO SUSTENTÁVEL

O setor é responsável por 10% do PIB e conta com 1,2 bilhões de turistas anualmente O Smart Sustainable Tourism for Development é conceito caracterizado...

EMPREENDEDORISMO EM SMART CITIES

O fomento ao empreendedorismo e a inovação tecnológica pode ser a solução para as cidades melhorarem estatísticas.   Nunca foi tão importante discutir empreendedorismo como neste...

LONGEVIDADE EM SMART CITIES

Como cidades humanas, resilientes e inclusivas devem se adaptar ao cenário do envelhecimento crescente da população.   De acordo com a segunda edição do Índice de...

ARTIGO PAULA FARIA – EMBAIXADORA MOBILIDADE ESTADÃO: ENCURTAR DISTÂNCIAS É UM DOS GRANDES DESAFIOS DA MOBILIDADE

Mais que melhorar a experiência ou a rapidez com que as pessoas atravessam a cidade, mobilidade urbana significa acesso a oportunidades *Por Paula Faria  “Como sair...

CENSO MOSTRA QUE ENSINO A DISTÂNCIA GANHA ESPAÇO NO ENSINO SUPERIOR

Em 2009, as matrículas dos calouros em EaD representavam 16,1% do total. Em 2018, elas representavam 39,8% do total de estudantes que ingressaram nas...