CLP DIVULGA RESULTADOS DO RANKING DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS 2021

Segunda edição do levantamento apresenta a realidade socioeconômica das 411 cidades com mais de 80 mil habitantes; municípios de São Paulo dominam as primeiras posições

O Centro de Liderança Pública lança na próxima segunda-feira, 22 em parceria com a Gove e a Seall, a segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios. O evento híbrido tem início às 9h30 da manhã e será realizado diretamente da B3, em São Paulo, com a participação de secretários, parlamentares e cinco prefeitos e será transmitido ao vivo pela TV Estadão. Os interessados em acompanhar o evento virtualmente podem se cadastrar aqui. Também haverá estrutura no local com acesso limitado para receber a imprensa seguindo as diretrizes sanitárias de prevenção à Covid-19, os interessados devem informar a assessoria de imprensa.

O levantamento tem o objetivo de mostrar como a competição no setor público é um elemento fundamental à promoção da justiça, equidade e desenvolvimento econômico e social dos municípios para garantir serviços públicos de mais qualidade à população. Além disso, também serão lançadas novas camadas de análise, adaptando os indicadores do ranking a critérios ESG e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.



“Nesta segunda edição do Ranking os servidores terão à disposição um amplo mapeamento dos desafios, direcionando, de forma ainda mais precisa, metodologias para planejar, priorizar e executar políticas públicas sustentáveis, sobretudo com o novo recorte das nossas camadas ESG e ODS. Na outra ponta, além de atrair novas empresas, também é uma ferramenta para cidadãos avaliarem e cobrarem de forma eficiente o desempenho dos formuladores de políticas públicas”, afirma Tadeu Barros, diretor geral do CLP.

Na edição deste ano foram avaliados os municípios brasileiros com população superior a 80.000 habitantes pela estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019. Neste cenário, 411 cidades compõem o levantamento, correspondendo a 59,75% da população brasileira (126,52 milhões de habitantes). Em 2020, 405 municípios foram avaliados.

Todos os municípios foram avaliados a partir de 65 indicadores, distribuídos em 13 pilares temáticos e 3 dimensões consideradas fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos municípios brasileiros. Os pilares são: Sustentabilidade Fiscal, Funcionamento da Máquina Pública, Meio Ambiente, Acesso à Saúde, Qualidade da Saúde, Acesso à Educação, Qualidade da Educação, Segurança, Saneamento e Meio Ambiente, Inserção Econômica, Inovação e Dinamismo Econômico, Capital Humano e Telecomunicações.

Em relação à primeira edição do estudo, foi acrescentado o pilar de Meio Ambiente, além dos indicadores de Qualidade da informação contábil e fiscal, Cobertura de saúde suplementar, Desnutrição na infância, Obesidade na infância, Emissões de gases de efeito estufa, Cobertura de floresta natural, Desmatamento ilegal, Velocidade do desmatamento ilegal e Áreas recuperadas.

Os jornalistas interessados em cobrir o evento devem solicitar o credenciamento para mateus.coutinho@gbr.com.br

 

Programação 2ª edição do Ranking de Competitividade dos Municípios

I – Abertura

  • Tadeu Barros, diretor geral do CLP;
  • Guilherme Peixoto, gerente de Processos Licitatórios da B3;

 II – Resultados Ranking – O que o Ranking diz sobre os municípios?

  • Raquel Lyra, prefeita de Caruaru;
  • David Almeida, prefeito de Manaus;
  • João Campos, prefeito de Recife;
  • Junynho Martins, prefeito de Ribeirão das Neves;
  • Tonico Pereira, diretor de Comunicação e Sustentabilidade da CCR (mediador);

 III – Um ano da aprovação do marco do saneamento básico: o desafio dos municípios

  • André Luiz França, secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente;
  • Fábio Ferraz, secretário de Planejamento e Inovação de Santos e líder MLG;
  • Rogério Tavares, vice-presidente Institucional da AEGEA;
  • Carlos Da Costa, secretário especial da SEPEC;
  • Emília Vasconcellos, gerente de mobilização do CLP (mediadora);

IV – O Ranking na prática: experiências Brasil adentro

  • Gabriel Souza, presidente da Assembleia-RS;
  • Pedro Duarte, vereador do Novo-RJ;
  • Paula Mascarenhas, prefeita de Pelotas-RS;
  • Michel Neil, sócio-diretor da PATRI (mediador);

V – Conclusão

  • Tadeu Barros, diretor-presidente do CLP;

Com informações da Assessoria de Imprensa

CLIQUE AQUI E ACESSE OUTRAS MATÉRIAS SOBRE EMPREENDEDORISMO
Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias