APP MINHA SAÚDE DA LEMOBS E PRONTLIFE PERMITE “AUTOAVALIAÇÃO” DA COVID-19

O aplicativo é gratuito e resulta de uma parceria entre a Lemobs, a empresa ProntLife, o Laboratório do Futuro da Coppe, o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e a Unifei

A Lemobs, empresa residente da Incubadora de Empresas da Coppe/UFRJ, lançou o aplicativo App Minha Saúde, cujo objetivo é apoiar municípios e população, facilitando a avaliação de sintomas que possam sinalizar o diagnóstico da Covid-19. O aplicativo permite realizar uma “Autoavaliação Coronavírus”, que embora não substitua o diagnóstico clínico que deve ser feito, exclusivamente, por médico, pode indicar a necessidade de monitoramento diário de sintomas como temperatura, pressão, entre outros, gerando escores de risco e análises por parte das secretarias de Saúde.

O aplicativo é gratuito e resulta de uma parceria entre a Lemobs, a empresa ProntLife, o Laboratório do Futuro da Coppe, o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e a Unifei.

Segundo o Dr. André Assis, médico e CEO da ProntLife, os dados obtidos na Autoavaliação indicam se a pessoa faz parte do grupo de risco, se apresenta sintomas de alarme, se tem alergia a algum medicamento sintomático para Covid-19, como dipirona, paracetamol e AS “Dependendo do caso, seguindo diretrizes da OMS e das autoridades públicas de Saúde, o aplicativo vai alertar o usuário, sugerindo que procure o serviço de saúde mais próximo e fornecendo número de telefone e whatsapp de contato”.

 “Como o aplicativo é georreferenciado, a secretaria municipal de Saúde poderá monitorar os sintomas do cidadão e saber onde ele se encontra, facilitando a identificação de focos da pandemia. Além disso, o usuário poderá, futuramente, consultar todos os dados registrados, além de manter um canal direto com os serviços de saúde”,  explica Sérgio Rodrigues, o CEO da Lemobs. 

Fonte: Lemobs

Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias