Warning: getimagesize(): Peer certificate CN=`siresant.com.br' did not match expected CN=`portal.connectedsmartcities.com.br' in /var/www/portal.connectedsmartcities.com.br/public_html/wp-content/plugins/td-cloud-library/shortcodes/header/tdb_header_logo.php on line 792

Warning: getimagesize(): Failed to enable crypto in /var/www/portal.connectedsmartcities.com.br/public_html/wp-content/plugins/td-cloud-library/shortcodes/header/tdb_header_logo.php on line 792

Warning: getimagesize(https://portal.connectedsmartcities.com.br/wp-content/uploads/2020/03/csc20_logo_3d.jpg): failed to open stream: operation failed in /var/www/portal.connectedsmartcities.com.br/public_html/wp-content/plugins/td-cloud-library/shortcodes/header/tdb_header_logo.php on line 792

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL FAZ TRIAGEM DE PACIENTES COM SUSPEITA DE COVID-19 EM CURITIBA

A Prefeitura de Curitiba lançou, uma plataforma de inteligência artificial destinada a fazer a triagem e acompanhamento on-line de pacientes com suspeita do novo coronavírus

A Prefeitura de Curitiba lançou, na segunda-feira (27/4), uma plataforma de inteligência artificial destinada a fazer a triagem e acompanhamento on-line de pacientes com suspeita do novo coronavírus. Por Whatsapp ou nos sites da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Saúde, a tecnologia “aborda” o usuário e simula uma conversa humana em um chatbot (bate-papo com a inteligência artificial), colhendo informações e tirando dúvidas sobre a doença, segundo os parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Caso o sistema identifique sintomas graves, ele encaminha a pessoa para o atendimento por telefone ou videoconferência com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde. Além disso, nos próximas dias, será disponibilizado um módulo de acompanhamento digital. O upgrade permitirá à plataforma acompanhar o paciente, por WhatsApp, nos 14 dias seguintes à triagem.

A tecnologia passa a integrar o Sistema de Inteligência da Saúde (Sisa) da Prefeitura e foi doada ao município pela startup curitibana Laura, que criou há quatro anos o Robô Laura, pioneiro software que alerta sobre o risco de infecções generalizadas (sepse) em pacientes internados em hospitais.

“Agora vamos usar a inteligência artificial para atender as pessoas suspeitas da doença, que não vão precisar sair de casa para se consultar com o SUS curitibano, minimizando os efeitos do novo coronavírus na nossa cidade”, destacou o prefeito Rafael Greca, durante encontro com o fundador da Laura, Jacson Fressatto; e o CEO da startup, Cristian Rocha.

O prefeito agradeceu à empresa da capital por ceder gratuitamente as licenças da plataforma para que o município pudesse oferecer a triagem on-line durante a pandemia. “Parte do nosso Vale do Pinhão, a startup se uniu à Prefeitura e à Agência Curitiba de Desenvolvimento para proteger e salvar vidas. É um grande exemplo de solidariedade social, assim como a Doctoralia, que nos cedeu sua tecnologia de videoconsulta”, recorda Greca.

Segundo Márcia Huçulak, secretária municipal de Saúde, a plataforma de triagem on-line traz eficiência para o cuidado de pacientes com suspeita de covid-19 de modo global, nos âmbitos individual e de gestão de saúde. “Com o algoritmo da inteligência artificial, o município irá ter o mapeamento em tempo real dos casos suspeitos, auxiliando na contenção, no tratamento dos infectados e na gestão dos recursos e insumos de saúde disponíveis”, justifica ela.

O infectologista e diretor médico da Laura, Hugo Morales, reforça que a tecnologia foi criada para que o ajudar o poder público na previsão da demanda de atendimento de pacientes com suspeita de covid-19. “Assim, através de um processo de aprendizado, o software registra as interações com os usuários e, com base nesse histórico, fornece respostas mais precisas para cada pergunta”, acrescenta ele.

A Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde também agradecem as startups Mudi e LifeDoc, da capital, que ajudaram no desenho de interações para a construção da plataforma.

COMO FUNCIONA

A população poderá passar pela triagem on-line de suspeita de covid-19 através da Central de Relacionamento da Prefeitura no WhatsApp (41-9876-2903) ou pelo chatbot nos sites da Prefeitura ou da Secretaria Municipal de Saúde.

A tecnologia funciona como uma espécie de assistente virtual que se comunica e interage com as pessoas através de mensagens de texto automatizadas.

Pelo WhatApp, a pessoa deverá cadastrar o número (41) 9876-2903 e digitar “Ola”. Em seguida, a inteligência artificial irá perguntar “Qual assunto vamos tratar hoje?” e dará entre as opções a “1 – Coronavírus”. Na sequência, a pessoa será orientada de maneira rápida, com processamento de frases para descobrir as condições do paciente, orientar sobre os cuidados e, se necessários, os possíveis encaminhamentos, como para a Central de Atendimento da Secretaria de Saúde, no telefone 3350-9000.

No site da Prefeitura ou da Secretaria Municipal de Saúde, tanto em computadores como em smartphones, o chatbot da plataforma on-line aparece embaixo, no lado direito, com a pergunta “Perguntas sobre o coronavírus?”. Ao clicar, a pessoa é direcionada para um “chatbot” com a assistente virtual da Laura, que através de mensagens de texto automatizadas, também irá orientar o usuário sobre cuidados e possíveis encaminhamentos.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Últimas Matérias

ARTIGO PAULA FARIA – EMBAIXADORA MOBILIDADE ESTADÃO: ENCURTAR DISTÂNCIAS É UM DOS GRANDES DESAFIOS DA MOBILIDADE

Mais que melhorar a experiência ou a rapidez com que as pessoas atravessam a cidade, mobilidade urbana significa acesso a oportunidades *Por Paula Faria  “Como sair...

CENSO MOSTRA QUE ENSINO A DISTÂNCIA GANHA ESPAÇO NO ENSINO SUPERIOR

Em 2009, as matrículas dos calouros em EaD representavam 16,1% do total. Em 2018, elas representavam 39,8% do total de estudantes que ingressaram nas...

SMART MOBILITY

Com a pandemia do coronavírus, soluções de mobilidade individual se tornaram mais atrativas De acordo com dados da Associação Nacional dos DETRANS, o Brasil possui uma...

PROJETO DO GOVERNO CRIA MARCO LEGAL DAS STARTUPS E DO EMPREENDEDORISMO INOVADOR

Os objetivos do governo com a proposta incluem fomentar esse ambiente de negócios; aumentar a oferta de capital para investimento em startups; e disciplinar...

CIDADES HUMANAS RESILIENTES E INCLUSIVAS E A GESTÃO PÚBLICA PARA A LONGEVIDADE

Especialistas debatem como tornar as cidades inclusivas aos idosos considerando o cenário de crescente envelhecimento da população  A sexta edição do Connected Smart Cities e Mobility (CSCM)...