VANS AUTÔNOMAS DESINFETAM RUAS E TAMBÉM FAZEM ENTREGAS DE REMÉDIOS E COMIDAS NA CHINA

Surto de coronavírus faz crescer o mercado de vans autônomas em circulação no país

A epidemia de Covid-19 afetou severamente o setor industrial na China, mas há um segmento que viu um crescimento nos negócios: o de veículos autônomos, que estão sendo usados para substituir os motoristas humanos em tarefas como a entrega de alimentos e medicamentos.

Uma das empresas que viu aumento na demanda é a Neolix, que fabrica pequenas vans autônomas que estão sendo usadas fazer entregas, nas ruas ou dentro de espaços industriais e hospitalares, bem como sendo adaptadas para tarefas como pulverizar desinfetante em calçadas e ruas.

A empresa começou a produzir seus veículos em maio passado, e até janeiro deste ano tinha vendido 125 unidades. Mas segundo seu fundador, Yu Enyuan, nos últimos 2 meses a Neolix recebeu mais de 200 pedidos.

Mas além dos pedidos, Yu viu uma mudança na percepção de seus veículos entre os consumidores: “… a percepção das pessoas em relação às entregas com veículos autônomos deu uma guinada de 180º”, disse ele. “As pessoas perceberam que estes veículos podem completar tarefas mesmo que sejam perigosas para um humano”.

Além disso, barreiras regulatórias que proibiam o uso dos veículos nas ruas foram reduzidas durante a epidemia, e autoridades locais estão oferecendo incentivos para a compra e operação de vans autônomas, com subsídios de até 60% do valor total.

Com isso, Yu espera que sua empresa comercialize até 1.000 vans neste ano. “A indústria entrou em uma fase de expansão rápida por causa do vírus”, disse o executivo. “É um grande avanço para todas as empresas desenvolvendo veículos de entrega”.

Fonte: Olhar Digital

Publicidade
spot_img
spot_img

Últimas Matérias