PARAÍBA: GOVERNO DO ESTADO COMEÇA A FAZER O TESTE RÁPIDO PARA CORONAVÍRUS EM IDOSOS

A testagem começou por João Pessoa e Cabedelo e prossegue nesta terça-feira (28), novamente, na capital; em Bayeux, na quarta (29); e na quinta-feira (30) em Mari. Nos quatro municípios serão testadas 787 pessoas

Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciou, nesta segunda-feira (27), o teste rápido em idosos e funcionários de instituições de longa permanência. A testagem começou por João Pessoa e Cabedelo e prossegue nesta terça-feira (28), novamente, na capital; em Bayeux, na quarta (29); e na quinta-feira (30) em Mari. Nos quatro municípios serão testadas 787 pessoas. 

Em João Pessoa, no primeiro dia, as equipes de saúde estão aplicando 325 testes, distribuídos no Lar da Providência (195 testagens); Instituto Espírita Nosso Lar (72) e na Casa da Divina Misericórdia (58). Em Cabedelo, são 151 testes, sendo 68 aplicados na Amém, 53 na Comunidade Católica Fanuel e 30 na Nova Mãe Nazinha. 

No Lar da Providência, Bairro dos Estados, estão sendo testados 90 idosos e 105 funcionários. A primeira funcionária a fazer o teste foi Maria de Fátima Batista, de 52 anos, que trabalha na área de serviços gerais. “Todo mundo deve ter a preocupação de se cuidar pra não pegar esse vírus e, no meu caso, o cuidado tem que ser redobrado. Trabalho com idosos aqui no Lar e em casa, pois, cuido dos meus pais”, disse.  

Para a Irmã Vitória, responsável técnica pela Enfermagem, esta ação é muito importante porque proporciona mais segurança no cuidado com os idosos e funcionários da instituição. “Desde o início da pandemia, nós estamos tomando uma série de medidas, a exemplo de suspender visitas, eventos, higienização dos funcionários e o uso de máscaras, luvas e, se for o caso, até avental. Tudo isso, para garantir a saúde dos nossos idosos e dos funcionários. Este teste rápido vem nos ajudar mais ainda, porque dá um termômetro de como está a nossa saúde”, observou.

Dona Maria Eliza Batista, de 74 anos, também fez o teste. “É uma maravilha, pois, depois desse teste, a gente fica sabendo se tem ou não o vírus e espero que ninguém tenha aqui. Já é uma tristeza não receber visita, por conta desse coronavírus. Minha família vem aqui deixar comida, mas nem entra, não pode nem abraçar. Só vejo de longe e me comunico apenas por telefone ou whatsapp. É uma tristeza isso, mas eu sei que vai passar”, declarou.

Nesta terça-feira (28), mais 228 testes serão aplicados em João Pessoa, sendo 107 na Vila Vicentina; 61 na Cidade Madura; 35 na Issoan Residencial para Idosos e 25 na Morada Aconchego da Terceira Idade. Na quarta (29), serão aplicados 72 testes, em Bayeux, sendo 26 no Lar de Longa Permanência para Idosos; 19 na Associação Filantrópica Casa Idoso Viver Bem; 18 no Abrigo Refúgio em Jesus e nove na Casa de Repouso Oásis da Terceira Idade. 

Em Mari, a testagem será na próxima quinta-feira (30), para 11 idosos da Associação Voluntária dos Idosos de Mari (Avim).

Fonte: Governo da Paraíba

Últimas Matérias

LONGEVIDADE EM SMART CITIES

Como cidades humanas, resilientes e inclusivas devem se adaptar ao cenário do envelhecimento crescente da população.   De acordo com a segunda edição do Índice de...

ARTIGO PAULA FARIA – EMBAIXADORA MOBILIDADE ESTADÃO: ENCURTAR DISTÂNCIAS É UM DOS GRANDES DESAFIOS DA MOBILIDADE

Mais que melhorar a experiência ou a rapidez com que as pessoas atravessam a cidade, mobilidade urbana significa acesso a oportunidades *Por Paula Faria  “Como sair...

CENSO MOSTRA QUE ENSINO A DISTÂNCIA GANHA ESPAÇO NO ENSINO SUPERIOR

Em 2009, as matrículas dos calouros em EaD representavam 16,1% do total. Em 2018, elas representavam 39,8% do total de estudantes que ingressaram nas...

SMART MOBILITY

Com a pandemia do coronavírus, soluções de mobilidade individual se tornaram mais atrativas De acordo com dados da Associação Nacional dos DETRANS, o Brasil possui uma...

PROJETO DO GOVERNO CRIA MARCO LEGAL DAS STARTUPS E DO EMPREENDEDORISMO INOVADOR

Os objetivos do governo com a proposta incluem fomentar esse ambiente de negócios; aumentar a oferta de capital para investimento em startups; e disciplinar...