MEDIR A TEMPERATURA DA POPULAÇÃO QUE ENTRA EM HOTÉIS E SUPERMERCADOS PASSA A SER OBRIGATÓRIO

A medida da Prefeitura da Capital Catarinense, por meio da Secretaria de Saúde, tem o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus

A partir de amanhã (27), supermercados e hotéis serão obrigados a realizar aferição de temperatura em quem entrar nos estabelecimentos, em Florianópolis. A medida da Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria de Saúde tem o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus. 

Aliado ao uso de máscaras de pano, obrigatório na cidade desde o dia 17 de abril, a aferição de temperatura poderá detectar possíveis infecções por COVID-19. A aferição de temperatura deverá ser feita com termômetro digital Infravermelho com mira laser para corpo humano com precisão mínima de 0,3º C, com registro no órgão competente e devidamente calibrado.

COMO É REALIZADA A AFERIÇÃO

Para medição o sensor deve ser posicionado a 5 cm da testa da pessoa, movendo-se gradativamente o termômetro em direção à têmpora com o botão START pressionado para detectar a temperatura corporal, quando concluída a leitura um sinal sonoro será emitido. Considera-se febre temperatura acima de 37,8, e caso seja constatado é preciso ligar para o Alô Saúde Floripa pelo número 0800-333-3233. Na ligação um profissional de saúde irá dar todas as recomendações para a população.

Os hotéis, pousadas e similares deverão, além de medir a temperatura, realizar um questionário com todos os hóspedes. Disponível pelo link: https://bit.ly/hoteisquestionariosaude. Nele será possível observar o histórico de saúde do hóspede evitar contaminação da equipe de trabalho e de outras pessoas que estejam no local. A listagem com nomes e quartos, dos pacientes com sintomas respiratórios e/ou temperatura elevada deverá ser encaminhada para Vigilância Epidemiológica municipal para avaliação. As informações devem ser enviadas para o e-mail: gervefloripa@gmail.com, a cada novo hospede sintomático. 

Os estabelecimentos que não cumprirem a ordem podem ser penalizados pela Vigilância Sanitária do Município com multa de até R$ 2.500 e/ou interdição. A população que quiser denunciar o descumprimento pode entrar em contato com a Guarda Municipal de Florianópolis pelo número 153 ou denunciar pelo link https://vigilanciasanitaria.pmf.sc.gov.br/vigilancia?1.

Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Últimas Matérias

Infra em Pauta lança nova programação para debates de temas de infraestrutura

Com agenda fixa às segundas-feiras, os organizadores do programa Infra em Pauta irão repercutir os temas mais importantes do setor das 15h às 16h. A...

TURISMO SUSTENTÁVEL

O setor é responsável por 10% do PIB e conta com 1,2 bilhões de turistas anualmente O Smart Sustainable Tourism for Development é conceito caracterizado...

EMPREENDEDORISMO EM SMART CITIES

O fomento ao empreendedorismo e a inovação tecnológica pode ser a solução para as cidades melhorarem estatísticas.   Nunca foi tão importante discutir empreendedorismo como neste...

LONGEVIDADE EM SMART CITIES

Como cidades humanas, resilientes e inclusivas devem se adaptar ao cenário do envelhecimento crescente da população.   De acordo com a segunda edição do Índice de...

ARTIGO PAULA FARIA – EMBAIXADORA MOBILIDADE ESTADÃO: ENCURTAR DISTÂNCIAS É UM DOS GRANDES DESAFIOS DA MOBILIDADE

Mais que melhorar a experiência ou a rapidez com que as pessoas atravessam a cidade, mobilidade urbana significa acesso a oportunidades *Por Paula Faria  “Como sair...