MEDIR A TEMPERATURA DA POPULAÇÃO QUE ENTRA EM HOTÉIS E SUPERMERCADOS PASSA A SER OBRIGATÓRIO

A medida da Prefeitura da Capital Catarinense, por meio da Secretaria de Saúde, tem o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus

A partir de amanhã (27), supermercados e hotéis serão obrigados a realizar aferição de temperatura em quem entrar nos estabelecimentos, em Florianópolis. A medida da Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria de Saúde tem o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus. 

Aliado ao uso de máscaras de pano, obrigatório na cidade desde o dia 17 de abril, a aferição de temperatura poderá detectar possíveis infecções por COVID-19. A aferição de temperatura deverá ser feita com termômetro digital Infravermelho com mira laser para corpo humano com precisão mínima de 0,3º C, com registro no órgão competente e devidamente calibrado.

COMO É REALIZADA A AFERIÇÃO

Para medição o sensor deve ser posicionado a 5 cm da testa da pessoa, movendo-se gradativamente o termômetro em direção à têmpora com o botão START pressionado para detectar a temperatura corporal, quando concluída a leitura um sinal sonoro será emitido. Considera-se febre temperatura acima de 37,8, e caso seja constatado é preciso ligar para o Alô Saúde Floripa pelo número 0800-333-3233. Na ligação um profissional de saúde irá dar todas as recomendações para a população.

Os hotéis, pousadas e similares deverão, além de medir a temperatura, realizar um questionário com todos os hóspedes. Disponível pelo link: https://bit.ly/hoteisquestionariosaude. Nele será possível observar o histórico de saúde do hóspede evitar contaminação da equipe de trabalho e de outras pessoas que estejam no local. A listagem com nomes e quartos, dos pacientes com sintomas respiratórios e/ou temperatura elevada deverá ser encaminhada para Vigilância Epidemiológica municipal para avaliação. As informações devem ser enviadas para o e-mail: gervefloripa@gmail.com, a cada novo hospede sintomático. 

Os estabelecimentos que não cumprirem a ordem podem ser penalizados pela Vigilância Sanitária do Município com multa de até R$ 2.500 e/ou interdição. A população que quiser denunciar o descumprimento pode entrar em contato com a Guarda Municipal de Florianópolis pelo número 153 ou denunciar pelo link https://vigilanciasanitaria.pmf.sc.gov.br/vigilancia?1.

Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Publicidade

Últimas Matérias

TECNOLOGIA VOLTADA PARA O SANEAMENTO

A falta de acesso a rede de água e esgoto é ainda um dos principais desafios para as cidades brasileiras. Entenda como a tecnologia...

VITÓRIA: EVENTO REÚNE ESPECIALISTAS PARA DEBATER SOBRE SMART CITIES

O evento acontece em formato virtual e apresentará o Plano de Cidades Inteligentes para a capital capixaba, 5ª cidade mais conectada do País, de...

PROBLEMAS SAZONAIS X SOLUÇÕES PONTUAIS: O ERRO HABITUAL DOS PLANOS DE GOVERNO LOCAIS

Seria muito bom viver em cidades que criaram soluções criativas para lidar com os novos desafios  Aconteceu algo muito ruim na minha cidade natal: o...

ABES E BRAZILLAB FECHAM PARCERIA PARA ESTIMULAR INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO

Participantes terão acesso gratuito, por um período de seis meses, aos serviços e experiência da Associação nas áreas jurídica, regulatória, tributária e mercadológica A ABES...